logo opensuse

A melhor distro Linux para desenvolvedores

No universo das dezenas de distribuições importantes, algumas delas são melhores ou piores para determinados tipos de aplicação.
Algumas distribuições GNU/Linux são especificamente organizadas para realizar determinados tipos de tarefa ou a atender um nicho profissional.

E os desenvolvedores, como nicho ou como público, devem usar qual distribuição?
No universo GNU/Linux distribuições “de nicho” são chamadas branches ou blends — para trabalhar com multimídia, para clínicas médicas, para ambiente educacional etc.

Este é apenas mais um dos meus artigos opinativos, que evito fazer…
A melhor opinião continua sendo a sua.
Cabe a você julgar o que lhe serve, ou não, dentro deste texto.

Deixe um comentário, logo abaixo, se quiser.

ubuntu flavours sabores

Os programadores são um público à parte.
Os desenvolvedores Debian tendem a usar o Debian Sid, O mesmo ocorre com os desenvolvedores das outras distros.

Isto é ‘meio’ óbvio, eu sei… se você tem intenção de se tornar um(a) desenvolvedor(a) OpenSUSE, vai ter que usar a versão em desenvolvimento específica desta distro.

Quem tem intenção de desenvolver para internet das coisas (IoT), pode usar distribuições específicas para a plataforma desejada, como o Raspbian ou Ubuntu Core para a plataforma Raspberry.

Para todas os outros tipos de desenvolvedores(as), na prática, qualquer distro serve.

Red Hat, CentOS e Fedora

A Red Hat, tem investido bastante na comunidade de desenvolvedores e tem disponibilizado uma versão do Red Hat Enterprise Linux (RHEL) pra download em seu site — voltado justamente para este público.

Para saber mais, leia como se tornar desenvolvedor(a) Red Hat.

Debian e Ubuntu

As duas distribuições são muito amigáveis com os(as) desenvolvedores(as) — mesmo os(as) que não programam diretamente para a distro.
Você pode “pegar” a versão principal da distribuição e transformá-la em uma plataforma de desenvolvimento completa, apenas instalando aplicações de programação específicas, por exemplo.

O assunto também foi abordado em 3 editores de código para Debian e Ubuntu e no post Ferramentas de programação para Debian e Ubuntu

OpenSuse

O OpenSUSE tem uma longa história (e vários artigos neste site) na linha do tempo do Linux. É uma plataforma GNU/Linux séria e, se você se sente confortável com o seu look and feel, não há razão para deixar de considerá-la para projetos de desenvolvimento de aplicativos.
No post Instalar um servidor LAMP no OpenSUSE, pode ser dado o primeiro passo para o desenvolvimento de aplicações web, por exemplo.
Além disto, todas as IDEs que você encontra nas outras distribuições, vai encontrar aqui também.

Conclusão

Este post, como a maioria das minhas análises opinativas, vai terminar sem dar uma resposta pronta para o questionamento do título. Sorry.

O ambiente Linux, de maneira geral, é muito fértil e aconchegante para trabalhar com desenvolvimento de software.
Você pode escolher qualquer distro (me conte qual! 😉 ) e vai encontrar tudo o que precisa para tocar os seus projetos — até mesmo para plataformas proprietárias.
Tudo o que você precisa é encontrar e juntar as ferramentas certas.

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia. Fã de séries, como "Rick and Morty" e "BoJack Horseman". Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

2 comentários em “A melhor distro Linux para desenvolvedores”

  1. Sou desenvolvedor fullstack javascript (Node.js, ReactJS e React-Native) e não tive nenhuma restrição utilizando o Ubuntu.

    Noutro PC instalei o Mint e vou fazer testes nele pra ver como se sai, mas desde que migrei do Windows pro Linux, minha vida no desenvolvimento de apps foi muito facilitado

  2. Trabalho com teste de software e todas as ferramentas que necessito rodam no Ubuntu e há compilações dedicadas para o Ubuntu ou estão na central de aplicativos. Sempre há também aquele tutorial maroto que nos safá no dia a dia.
    Resumindo pra mim a melhor distro para Dev ou QA é o Ubuntu.

    Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.