Como encontrar ferramentas de programação para desenvolvedores Debian e Ubuntu (CLI)

A linha de comando (CLI) é um dos ambientes mais férteis e que oferece mais respostas rápidas e eficiência na execução de tarefas em muitos sistemas operacionais.
Para programadores(as), como um nicho, é onde se encontra um enorme ecossistema de ferramentas para criar, testar e distribuir o resultado do seu trabalho.

Usuários novatos podem achar uma tela preta, com letras coloridas, um tanto intimidante.
Ao se dar oportunidade, você irá ver que há muito para se extrair do seu sistema operacional, na CLI, contudo.

Nos sistemas Debian e nos seus derivados, é possível encontrar as ferramentas disponíveis para trabalho com o uso do comando apt ou apt-get.
Ambos servem para inquirir os repositórios.

Este é um post complementar ao Ferramentas de programação para desenvolvedores (GUI), em que mostrei como encontrar aplicativos para ajudar no desenvolvimento de programas no ambiente gráfico (GUI).
Na CLI, porém, é possível encontrar muito mais opções de softwares.
Abra um terminal e use o apt search:


apt search python

O exemplo acima, infelizmente, dá um resultado horrível, com “milhares” de itens inúteis na lista.
O problema é que o sistema inteiro usa diversas bibliotecas (libraries)— relacionadas ao desenvolvimento de aplicativos em Python, Perl, C, C++ etc. — que sempre irão aparecer neste tipo de busca — o que não acrescenta, nem ajuda quem está procurando ferramentas, como aplicativos, de programação para a sua linguagem favorita.
Para obter uma relação de aplicativos mais relevantes, pode-se usar o comando grep:


apt search python | grep -i "ide"

Como eu disse, a relação é grande…
Para excluir os resultados que contenham a string “lib” (library), use a opção ‘-v’


apt search python | grep -B1 -v "lib"

A opção ‘-B1’, acima, informa ao grep para mostrar a linha anterior (before) àquela que contém o resultado da busca. Usualmente, é a linha que contém o nome do aplicativo.
Acrescente o less, para facilitar sua leitura:


apt search python | grep -B1 -v "lib" | less

As buscas irão retornar resultados mais relevantes se você souber o que está procurando.

Ferramentas para desenvolver PARA Debian e Ubuntu

No Debian e no Ubuntu, você irá precisar instalar (pra começar) o build-essential, que contém os seguintes pacotes (fundamentais para criar e empacotar novos programas):

  • libc6-dev – biblioteca padrão C.
  • gcc – compilador C.
  • g++ – compilador C++.
  • make – utilitário GNU make, usado para manter grupos de programas.
  • dpkg-dev – ferramentas de empacotamento para desenvolvedores.

Editores de código

Acho as IDEs gráficas excelentes e, até, uso algumas eventualmente.
Na maior parte do tempo em que estou lidando com código, porém, gosto de fazer isto com ferramentas leves.
Gosto de usar o Vim para programar.
Porém, há outros excelentes editores de texto CLI, que você pode considerar:

  • nano — quase sempre presente em todas as distribuições GNU/Linux. Tem uma abordagem diferente do Vim e costuma ter desempenho tão bom ou melhor. Sua concepção vem de um dos editores de texto mais populares na década de 80: o WordStar.
  • jed — tem uma concepção mais moderna e é completamente customizável. Possui modos de emulação Emacs, para quem deseja migrar daquela plataforma. Também pode emular CUA, que facilita o uso para quem está acostumado a usar os atalhos de teclado do OpenOffice.
  • drpython e pype — editores voltados para programar em Python.

Você pode fazer buscas por editores voltados para a sua linguagem de programação, se quiser:


apt search editor | grep -B1 -i perl

Obtive resultados relevantes com o comando:


apt search editor | grep -B1 -v "lib"

Espero que este post tenha sido, de alguma forma relevante. Não se esqueça de ler a outra parte, sobre como encontrar ferramentas gráficas de programação.

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia. Fã de séries, como "Rick and Morty" e "BoJack Horseman". Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.