Onde baixar o seu Debian

Tanto usuários iniciantes como os mais avançados podem ter alguma dificuldade para encontrar uma versão específica do Debian para baixar.
Tal como a maioria das grandes distribuições GNU/Linux, o Debian é oferecido em diversos sabores ou blends – além de versões.
O site oficial vai sempre direcioná-lo para o download da última imagem estável (stable), que é empacotada sem softwares proprietários e satisfaz 100% quem tem o espírito de liberdade.
Mas, se esta não for “exatamente” a que você deseja, este artigo pretende ajudar as pessoas a navegar pelos servidores Debian e encontrar a exata versão desejada.
debian badge
Segue uma lista de canais oficiais de download dos “debians” disponíveis.
Sempre que possível, procure baixar via torrent — a forma mais rápida de obter sua distro GNU/Linux. Com este método e uma boa conexão, é possível estar com um pendrive pronto para iniciar a instalação em questão de minutos.
Se não tiver CD/DVD à mão, todas as imagens ISO, disponíveis, podem ser gravadas em pendrive, se preferir.

Onde encontrar o Debian Stable 100% livre

A versão estável, oficial, do Debian vem sem os drivers proprietários. Em alguns notebooks mais atuais (como os da Dell) você pode ter problemas, nos passos iniciais da instalação, por que serão exigidos os tais drivers — provavelmente para a instalação da placa de rede e da GPU. Vamos abordar este assunto, em particular, ainda neste artigo.
Você pode encontrar Debian principal, nos seguintes lugares:

  • Debian stable — a versão atual, para 10 arquiteturas diferentes pode ser encontrada aqui: http://cdimage.debian.org/mirror/cdimage/release/current/.
    Neste site, escolha a arquitetura desejada e, em seguida, selecione sua melhor opção de download: bittorrent, ISO ou jigdo — cada um destes métodos se subdivide em CD ou DVD. Obviamente, ao baixar o DVD, você terá um pouco mais de softwares à mão.
    Ao fazer a instalação a partir de um CD, você terá menos softwares instalados na sua máquina, mas o processo terminará mais cedo.
    Se você prefere passar ainda menos tempo dentro do procedimento de instalação e prefere fazer isto por si mesmo, depois, opte pelos netinstall — como iremos explicar, mais adiante.
    Se quiser um link mais específico, este é o do torrent do Debian, para arquitetura 64 bits, para gravar em DVD ou pendrive: http://cdimage.debian.org/mirror/cdimage/release/current/amd64/bt-dvd/.

    A arquitetura PC de 64 bits é chamada amd64, enquanto a de 32 bits é chamada i386. Fique atento(a) a estes detalhes.

    Se você preferir, pode baixar a imagem em CD, via torrent, no site http://cdimage.debian.org/mirror/cdimage/release/current/amd64/bt-cd/. Note que há o CD 1, CD 2 …
    Normalmente, você só precisa do CD 1, para instalar o Debian básico — o restante dos softwares pode ser baixado da Internet à medida em que você precisar.
    Em casos em que a conexão é muito lenta e há planos de instalar em vários computadores, (aí, sim!) vale a pena baixar todos os CDs/DVDs, contudo.
    O Debian netinstall é uma versão mínima do sistema operacional, semelhante ao Ubuntu Mini, voltado a entregar o sistema mais básico possível.
    Por ter tamanho reduzido, pode ser baixado muito rapidamente.
    Ao final da instalação, o tasksel vai perguntar sobre o perfil de sistema que você deseja e, só aí, irá fazer download do restante. Portanto, se você quer começar o mais rápido possível a instalar o Debian no seu equipamento ou deseja uma versão mais customizada do Debian, sugiro esta opção.

  • Debian Stable Live CD/DVD — permite usar o sistema operacional enquanto instala. Assim, você sempre poderá consultar algum site na web durante o processo e verificar se todo o seu equipamento irá funcionar bem com o sistema operacional.
    Você pode encontrar esta opção no site http://cdimage.debian.org/mirror/cdimage/release/current-live/ — disponível apenas para as arquiteturas PC 32 ou 64 bits.
    Tal como as outras, se subdivide também nos sabores com GNOME, KDE, Cinnamon, LXDE, XFCE, Mate e Standard. Esta última, entrega um sistema sem o ambiente gráfico — que pode ser instalado depois. O Standard pode também ser ideal para servidores.
  • Debian Stable for Openstack — Para rodar o Debian stable dentro de uma ou mais máquinas virtuais, baixe a versão pronta Openstack aqui http://cdimage.debian.org/mirror/cdimage/openstack/current/.
    Este assunto é abordado com mais profundidade neste texto.
  • Debian Blends ou Debian Pure Blends é um trabalho em progresso.
    A proposta é oferecer uma distro especializada a determinadas necessidades ou a um determinado grupo (profissional) de pessoas.
    Os blends oferecem coletâneas específicas de softwares (também chamadas de meta-pacotes ou meta-packages). Além disto, oferecem métodos de instalação e configuração mais facilitados para propósitos determinados.
    A ferramenta de instalação Tasksel, permite instalar em qualquer distro Debian/Ubuntu (e derivados) meta-pacotes voltados para crianças, cientistas, gamers, advogados, médicos, pessoas com deficência visual etc.
    Por exemplo, o pure blend para crianças, retira da distro tudo o que não interessa e deixa apenas os aplicativos voltados para este público

    Em outras palavras, dos mais de 22.000 pacotes de softwares presentes no Debian, um pure blend é constituído de uma seleção específica destes aplicativos, voltados para um determinado grupo de usuários/profissionais.

    Oficialmente, podem ser encontrados aqui: http://cdimage.debian.org/mirror/cdimage/blends-live/current/.

  • Saiba mais sobre o assunto, nesta página.

Onde encontrar o Debian Testing

Se você já leu Experimente as novidades do Debian antes de todo mundo, então já teve uma boa introdução sobre o Debian Testing e sabe os prós e os contras de usar esta versão.
Veja aonde baixar esta versão:

Onde encontrar o Debian (Stable e Testing) non-free ou firmware

Software e hardware proprietário podem ser um empecilho para usar o seu sistema operacional favorito.
Se você quiser, pode baixar o seu Debian, através de qualquer um dos métodos descritos acima, sem se preocupar muito com este “detalhe”.
O pacote adicional de firmwares proprietários pode ser oferecido durante a instalação ou depois.
Veja 3 soluções possíveis para este caso, da mais complexa para a mais simples (na minha humilde opinião):

  • Prossiga com a instalação, sem se importar com a falta dos arquivos pedidos. Quando tudo tiver terminado, altere o arquivo sources.list — neste caso, adicione os repositórios non-free e contrib.
  • A outra solução é fazer o download antecipadamente do pacote de firmwares para a distribuição que você pretende instalar.
    Em seguida, descompacte o pacote e grave os arquivos em um pendrive à parte.
    Quando o firmware for pedido, insira o pendrive para que o programa de instalação encontre o que precisa, para prosseguir.
    O pacote pode ser encontrado neste site: http://cdimage.debian.org/cdimage/unofficial/non-free/firmware/.
  • Já que vai se sujeitar a usar drivers proprietários, instale logo o Debian, cuja imagem inclua todos os firmwares, conforme será demonstrado a seguir.

Veja, a seguir, onde encontrar a imagem non-free do Debian — ou seja, com os firmwares proprietários.
Nestes sites, o Debian é comumente chamado de “firmware”, seguido da versão e das outras características da distro.

Se você quer o Testing non-free o site oficial é o que segue.
No momento em que escrevo, o sabor disponível é a Standard. Durante o procedimento de instalação, o tasksel irá perguntar qual o ambiente gráfico desejado.
Neste momento será possível, opcionalmente, escolher um dos vários Pure Blend do Debian.
Veja onde encontrá-lo.

Espero que isto ajude você a encontrar, baixar e desfrutar de um dos melhores sistemas operacionais existentes.

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia.
Fã de séries, como “Rick and Morty” e “BoJack Horseman”.
Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

2 thoughts on “Onde baixar o seu Debian”

  1. Muito bom este artigo, considero o site do Debian bastante confuso para quem não tem experiência. Ler este artigo ajuda bastante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *