tethered camera

Tethering com a câmera Canon T6 (1300D) é frustrante no Linux

Tethering é uma técnica para tirar fotos, que consiste em conectar sua câmera a um notebook ou PC e, a partir dele, ajustar e controlar a câmera.
Há alguns softwares bem conhecidos, no Linux, que permitem fazer sessões de fotografia com a câmera “atada” ao PC.

Neste post, vou abordar a técnica com o uso do Entangle, do lado do software.

Eu sei que o Darktable também permite este tipo de conexão, mas não o usei desta vez.
A distro usada é a Debian 10 testing.

Também conduzi alguns testes usando o Pop OS, baseado no Ubuntu 17.10 (com os mesmos resultados).

Do lado do hardware, temos uma câmera Canon EOS Rebel T6 ou EOS 1300D ou, ainda, EOS Kiss X80, como é conhecida no mercado asiático.

Usualmente, o tethering é feito via USB. Mas pode ser também via Wi-Fi Direct — mas, neste caso, vai haver um impacto terrível na velocidade de comunicação entre o laptop e a câmera, o que pode prejudicar seriamente o seu workflow (ou fluxo de trabalho).
O cabo USB é a ferramenta profissional e séria de conexão PC – Câmera, por enquanto.

As informações dadas neste texto são genéricas o suficiente para serem aplicadas em qualquer distro Linux, bem como qualquer câmera com suporte a tethering.

Se você obteve resultados diferentes, por favor, use a sessão de comentários para nos contar como foi, citando a sua distro, o software utilizado e o modelo de sua câmera. 😉

Clique nos links, presentes no texto, para obter informações mais aprofundadas sobre algum tema ou item abordado.

A Canon EOS Rebel T6 é capaz de fazer tethering com Linux?

A Canon concebeu a câmera para realizar este tipo de fotografia, com o uso do EOS Utility Softwares, que pode ser baixado do site oficial — mas não tem versão para Linux.
Quem sabe se as pessoas cobrarem melhor suporte da empresa…

O site da Tether Tools é o maior site de vendas de cabos USB, entre outros produtos específicos para este tipo de aplicação.
Eles têm uma página que relaciona as câmeras compatíveis com o software Entangle.
Infelizmente, a Canon T6 não está listada.

O próprio Entangle, tem uma relação de câmeras suportadas – dentro do menu Ajuda. Vale conferir.

Se você ainda não comprou a sua câmera e está lendo este review preventivamente, sugiro dar uma olhada na seção de câmeras suportadas (link acima), para fazer uma escolha melhor.

Como conectar a câmera ao laptop

Não vi qualquer referência sobre “a ordem” em que os dispositivos devem ser conectados.
Mas gosto de conectar a câmera desligada ao laptop primeiro e, em seguida, ligá-la.
Só depois é que inicio o Entangle.

Você pode usar o comando lsusb, para verificar o que está conectado (ou não) ao seu equipamento.
Este foi o meu resultado:


lsusb --tree

/:  Bus 04.Port 1: Dev 1, Class=root_hub, Driver=xhci_hcd/4p, 5000M
    |__ Port 2: Dev 2, If 0, Class=Hub, Driver=hub/4p, 5000M
/:  Bus 03.Port 1: Dev 1, Class=root_hub, Driver=xhci_hcd/4p, 480M
    |__ Port 2: Dev 2, If 0, Class=Hub, Driver=hub/4p, 480M
    |__ Port 4: Dev 3, If 0, Class=Human Interface Device, Driver=usbhid, 12M
    |__ Port 4: Dev 3, If 1, Class=Human Interface Device, Driver=usbhid, 12M
    |__ Port 4: Dev 3, If 2, Class=Human Interface Device, Driver=usbhid, 12M
/:  Bus 02.Port 1: Dev 1, Class=root_hub, Driver=ehci-pci/3p, 480M
    |__ Port 1: Dev 2, If 0, Class=Hub, Driver=hub/6p, 480M
        |__ Port 5: Dev 3, If 0, Class=Wireless, Driver=btusb, 12M
        |__ Port 5: Dev 3, If 1, Class=Wireless, Driver=btusb, 12M
/:  Bus 01.Port 1: Dev 1, Class=root_hub, Driver=ehci-pci/3p, 480M
    |__ Port 1: Dev 2, If 0, Class=Hub, Driver=hub/6p, 480M
        |__ Port 4: Dev 3, If 0, Class=Video, Driver=uvcvideo, 480M
        |__ Port 4: Dev 3, If 1, Class=Video, Driver=uvcvideo, 480M

A câmera não aparece na listagem e sequer foi detectada.
Com este resultado, a câmera não terá utilidade sequer para obter as fotos, que dirá fazer tethering que é mais complexo…

A conexão via wi-fi direct é possível

tethered camera

Sim. A câmera permite tethering com o Linux via wi-fi (inclusive wi-fi direct)… — mas sugiro não se animar muito com esta possibilidade.

Com as atuais taxas de transferência de dados via Wi-Fi, este meio de conexão é totalmente inadequado para um estúdio profissional.
Neste caso, a culpa não é da Canon.

A conexão pode ser o suficiente para brincar durante alguns minutos ou algumas horas — depende da sua paciência.
Mas, nem pense nisso para trabalho sério. A demora na transferência das imagens RAW (25 MB, cada uma, em média) pode tornar a experiência frustrante.

Conexão da câmera ao celular ou tablet

Com a instalação do software oficial da Canon, em seu celular, é possível fazer o download das suas imagens (em JPG) para o dispositivo móvel.
Isto não é tethering!

É útil (e eu uso muito) para postar imagens nas redes sociais ou enviar para os amigos.
O método impõe uma perda considerável à qualidade das imagens, pela compressão do JPEG e não permite o envio de arquivos em RAW.

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia. Fã de séries, como "Rick and Morty" e "BoJack Horseman". Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

2 comentários em “Tethering com a câmera Canon T6 (1300D) é frustrante no Linux”

  1. Olá Elias, tudo bem ?

    tenho interesse fotografar e filmar vídeos em um pc linux ligado a uma câmera Canon, sabe se os resultados são bons ?

    abraço e parabéns pelo post.

    1. Atualmente, conheço 2 softwares que podem ser usados para fotografar e filmar tethered, com uma câmera e um PC: Entangle e DarkTable.

      Você pode encontrar a relação de modelos de câmeras compatíveis com este segundo neste site.

      Se você ainda não comprou a sua câmera, verifique nos links quais são os modelos compatíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.