gnome watch timer

Use o timer do seu sistema para não perder a hora!

Todo sistema operacional tem um ou mais aplicativos ou widgets para informar a hora para o usuário.
Neste post, vamos falar do temporizador ou timer padrão do sistema, que pode ser acionado para evitar que você perca algum compromisso ou a hora certa para desligar o forno, na sua casa.

Eu uso muito este recurso para limitar o tempo de execução de algumas tarefas e não ficar muito tempo com a cara grudada no monitor. Claro que uso também para evitar que as coisas queimem no fogão… 😉

Quem usa a técnica de produtividade Pomodoro, vai achar o recurso útil também — principalmente, por que não precisa instalar absolutamente nada para fazer uso dele.

Este post foi escrito usando a distro Debian GNU/Linux 10 Buster (ainda em testing), com a interface padrão GNOME (a mesma do Ubuntu).
Se a sua distro for diferente, não se preocupe. É fácil adequar as dicas a qualquer outra distribuição do Linux (ou, mesmo, outro sistema operacional).

Apenas pressione a tecla Super, para acionar o dash da sua interface gráfica e procure por uma destas palavras: cronometro, temporizador, timer, relógio etc. — uma delas vai dar certo.
gnome-watch no dash do GNOME

Dentro do aplicativo ou widget do relógio, procure por timer ou temporizador.
GNOME-watch temporizador e timer

Em seguida, ajuste segundos, minutos e/ou horas que você achar melhor.
gnome-watch temporizador em andamento

Conclusão e um probleminha…

Um dos objetivos, antes de escrever este post, era encontrar e falar sobre aplicativos de temporização.
Ocorre que acabei ficando com esta solução mais simples e que dispensa a instalação de softwares e bibliotecas adicionais.

Fique atento: na versão usada para escrever este post, ocorre “um pequeno probleminha”…

Para quem usa várias áreas de trabalho, é natural deixar o reloginho “esquecido” em uma delas — ele só precisa lembrar que existe, na hora em que o alarme dispara.

O problema ocorreu justamente aí: se o aplicativo de relógio se encontra em uma das áreas de trabalho virtuais, o alarme não será visível e nem audível enquanto você estiver trabalhando em uma das outras.

Não sei se é um bug ou se o projeto foi concebido para ser assim mesmo…

Mas pode ser resolvido, usando o menu de janela do aplicativo, configurando-o para ser visível sempre na área de trabalho ativa (ou seja, aquela em que você está).
menu de janela do gnome-watch

Uma outra limitação do aplicativo é que ele só tem espaço para um temporizador. Se você precisa de mais de um ou deseja ajustar vários tempos em sequência, esta solução não vai servir.

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia. Fã de séries, como "Rick and Morty" e "BoJack Horseman". Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.