virtualbox logo

Como instalar o VirtualBox no Linux

Ferramenta essencial para quem precisa trabalhar com virtualização, o VirtualBox é um programa de código aberto amplamente usado na área.
Inicialmente, o programa foi criado e lançado pela empresa alemã Innotek, em Janeiro de 2007. A mesma empresa foi adquirida pela Sun Microsystems em 2008 e esta última, pela Oracle, em 2010.
virtualbox ninja tux
O VirtualBox é, hoje, um software pertencente à Oracle, que manteve a licença de software livre relativa ao coração do projeto. As extensões do produto, contudo têm licenças mais restritivas.
A Oracle é conhecida por não se dar muito bem com software livre, diga-se de passagem.
Neste post, vamos abordar o método sugerido pela Oracle para a instalação do VirtualBox.
Outros métodos em outros sistemas podem ser encontrados aqui.
Há um texto específico sobre a instalação do programa no Oracle Linux, aqui e outro específico para Debian, aqui.

Como baixar e instalar o VirtualBox do site da Oracle

Por causa dos problemas das licenças, nem sempre é possível encontrar os pacotes de instalação nos repositórios oficiais das principais distribuições Linux.
Se você não estiver usando a distro oficial da Oracle, pode baixar os pacotes do site da empresa e, a partir daí, fazer a instalação em seu sistema.
Vá até o site da Oracle e pegue a versão mais apropriada para a sua distribuição: https://www.virtualbox.org/wiki/Linux_Downloads.
virtualbox site screenshot
Como você pode ver na figura, acima, selecionei o Debian 9 Stretch — minha distro de trabalho. Se você usa outra, não se preocupe, pois os procedimentos são parecidos.

Como instalar o pacote do VirtualBox no Debian

Opcionalmente (eu sempre faço isso), confira se o arquivo baixado não ficou corrompido, no caminho, com o md5sum:

md5sum Downloads/virtualbox-5.1_5.1.18-114002~Debian~stretch_amd64.deb ;echo "4984599e7e419be075c225f4308bac62"

Você vai encontrar a relação completa dos MD5SUM aqui.
Se tudo estiver bem, com a verificação, use o dpkg para fazer a extração e a instalação:

sudo dpkg --install Downloads/virtualbox-5.1_5.1.18-114002~Debian~stretch_amd64.deb

Não esqueça de alterar, no exemplo acima, o diretório de download e o nome do arquivo para a sua realidade, aí.
Se, mais tarde, quiser remover este software, use o dpkg assim:

dpkg --remove virtualbox-5.1 

Como instalar o pacote do VirtualBox no Fedora

Usuários do Fedora, podem fazer o mesmo procedimento de verificação do MD5SUM. Para instalar, podem usar o dnf:

dnf install VirtualBox-5.1-5.1.18_114002_fedora25-1.x86_64.rpm 

Note que a versão baixada, por mim, é para Fedora 25 64-bit. Portanto, não esqueça de adequar o comando à versão que você baixou aí.

Como instalar o pacote do Virtualbox no OpenSuse

O OpenSUSE Tumbleweed tem o VirtualBox nos repositórios.
Portanto, é possível instalar direto de lá:

zypper install virtualbox

Se você precisa baixar a versão do site, use o zypper sobre o arquivo obtido:

zypper install VirtualBox-5.1-5.1.18_114002_openSUSE132-1.x86_64.rpm

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia.
Fã de séries, como “Rick and Morty” e “BoJack Horseman”.
Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *