Como tirar fotos da lua com o smartphone

Muitas pessoas descobriram, na última lua cheia, o quanto é difícil tirar uma foto decente do nosso satélite natural.
A olho nu, ela está linda, enorme e mostrando com bastante detalhes suas crateras e parte de suas formações rochosas.
Não dá pra resistir a tirar o celular do bolso e registrar aquele momento para as redes sociais.
É interessante notar que a lua, enquanto objeto a ser fotografado, satisfaz algumas importantes premissas de uma boa fotografia: é linda e não emite luz — pelo contrário, reflete uma quantidade moderada de luz do sol.
Como tirar fotos da lua, usando o smartphone
Mas, nunca dá certo, não é?
Não posso prometer milagres, aqui.
Mas posso repassar algumas dicas, que podem ajudar a obter melhores resultados (ou não).

Quais são os obstáculos para fotografar a lua de um smartphone?

O fato é que os smartphones usam lentes projetadas para tirar boas fotos de perto, em ambiente bem iluminado e de pessoas (rostos).
Smartphones são ótimos para selfies.
Tirar fotos da lua, passa muito longe do objetivo de qualquer smartphone (a menos que você esteja lá).
Quanto menos opções de controles manuais o seu aparelho tiver menores serão suas chances.
Parte do problema é aquele que você já conhece, ao usar flash muito próximo de quem você quer fotografar e a pessoa sair com “cara de fantasma”.
O excesso de iluminação acaba por tirar o detalhamento do objeto a ser fotografado. O efeito da luz do sol, refletida pela lua é semelhante ao de um flash normal, usado muito próximo.
Por isto, o resultado costuma ser aquele minúsculo “globo iluminado”.
Este obstáculo é facilmente transponível com uma câmera que possua controles manuais e as lentes corretas.
supermoon-wite-red_3455452k

Ajustes que você deve procurar na câmera do celular para conseguir fotografar a lua

Os 3 controles básicos da fotografia, precisam estar presentes para melhorar o seu resultado. Verifique se o seu aparelho tem como controlar manualmente:

  1. Velocidade do obturador ou shutter speed
  2. Abertura do diafragma ou aperture
  3. ISO

Uma boa lente é fundamental para o trabalho, mas estamos falando de smartphones aqui…
Se você não tiver como ajustar estes fatores, dificilmente vai conseguir algum resultado.
De qualquer forma, tente fazer o melhor com o que você tem (este é o espírito geek).
supermoon-rises-ab_3455417k

Como ajustar a câmera do smartphone para fotografar a lua

Comece por desativar o modo de ajustes automáticos, para poder configurar o obturador, o diafragma e o ISO independentemente.
Não esqueça de desativar o flash e o modo HDR.
Dentro dos recursos do seu aparelho, procure por estas opções:

  • Ajuste o ISO para o menor valor possível, para tornar o sensor menos sensível à luz — valores entre 50 e 100, podem ser o ideal. Eventualmente, tente o ISO 200.
  • Ajuste a velocidade do obturador, em função do ISO: 1/X, em que X é o valor que você usou pro ISO.
  • Use o valor mais estreito para a abertura do diafragma. Se você tiver esta opção, use F11 ou experimente outros valores entre F8 e F16.

Feito isso, ajuste o sensor de luz ou brilho (light-metering sensor) para captar uma quantidade mais moderada de luz — e reduzir o efeito “coroa” de luz da lua.
Ajuste o foco manualmente — na maioria dos aparelhos isto pode ser feito tocando no objeto que você deseja focalizar na tela do smartphone.
supermoon_glaso_3455317k

Ajuste do zoom e da estabilidade na hora da foto

Para este tipo de fotografia, muitos considerariam usar bastante zoom óptico e um tripé.
Fotos com zoom tendem a sofrer muito com a mínima instabilidade nas mãos do fotógrafo. Portanto, o uso de um tripé se faz necessário para tirar o melhor deste recurso.
O problema é que, com raras exceções, câmeras de smartphones não possuem zoom óptico.
Já o zoom digital nada mais é do que “um recorte” ampliado da imagem original — e isto você pode fazer depois, no seu editor de imagens favorito.
A recomendação, aqui, para conseguir uma imagem mais estável, é desligar o zoom e ligar o timer.
Ajuste o timer para 3 segundos ou mais (à sua escolha). Em seguida, clique e prenda a respiração.

Fatores externos ao seu aparelho

Há alguns detalhes importantes que nada têm a ver com o seu celular:

  • O horário em que você fotografa — a lua vai ter uma aparência maior e mais dramática quando estiver próxima do horizonte. Portanto, você vai ter melhores chances de obter boas imagens uma hora antes do nascer do sol ou dentro de uma hora depois do pôr-do-sol.
  • O local em que você se encontrar pode ajudar ou atrapalhar muito também. Este tipo de foto vai ficar melhor fora da cidade e, portanto, livre do excesso de luzes e da poluição.

Faça várias experiências, alterando estes ajustes — fique à vontade para nos contar sobre o modelo do seu smartphone e quais ajustes você usou para obter melhores resultados, nos comentários.

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia.
Fã de séries, como “Rick and Morty” e “BoJack Horseman”.
Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

6 thoughts on “Como tirar fotos da lua com o smartphone”

  1. Consegui resultados “decentes” com o meu Galaxy K Zoom. Usei os 10x de zoom ótico que ele oferece mais os 10x de digital (neste último não apresenta melhoras na qualidade, que fique bem claro isso), Deixei a abertura em F18.4 e o ISO em 100 mesmo. Daí fui ajustando o Shutter Speed (não me lembro o valor) até chegar a uma imagem satisfatória. Não ficou tão boa quanto a de uma dLSR, mas dá pau em muitos Iphones por aí 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *