como usar xkill para matar aplicativos

O aplicativo parou de responder? Use xkill para matar.

Relacionado ao comando kill, o xkill é usado no ambiente gráfico para matar janelas ou aplicativos que não estejam mais respondendo.
Pelos mesmos motivos expostos aqui, não deve ser usado o tempo todo. Você pode perder informações e tornar a sua sessão instável, ao abusar do uso deste método para terminar programas.

POSTS RELACIONADOS

Como fechar programas no ambiente gráfico do Linux

Quando um programa para de responder, no ambiente gráfico, você ainda tem opções para evitar a perda dos dados que estavam sob o trato do aplicativo.
Se o mouse ainda não parou de responder, tente fechar o aplicativo pelo próprio menu do sistema:

  • clique com o botão direito do mouse sobre a aba referente à janela do programa (na barra de tarefas);
  • selecione a opção Fechar F4;
  • confirme que você deseja terminar o programa
  • Aviso do sistema para fechar programa que parou de responder
    Clique para ampliar.

Só para constar: este é o jeito certo de fechar aplicativos que pararam de responder. Aguarde, pacientemente, enquanto o sistema fecha a janela do aplicativo.
Se isto não deu certo, use o xkill

Como usar o xkill para fechar aplicativos

Desenvolvido por Jim Fulton e pela programadora Dana Chee, o xkill, permite fechar arbitrariamente a conexão de um programa com o servidor X.
Se o xkill não for encontrado no menu do sistema, você pode iniciá-lo a partir de um terminal:

xkill

ao iniciar, o xkill transforma o cursor do mouse em uma “caveirinha“. Ao clicar dentro de qualquer janela, a caveirinha vai “tentar matar” o aplicativo que estiver rodando ali.
Se você se arrepender, aperte a tecla ESC no seu teclado para cancelar o “assassinato”.

Usar o xkill é recomendável?

Não. Não é.
Use-o apenas como último recurso.
Entre os resultados indesejados, você pode tornar o seu sistema instável e perder os dados que estavam dentro do aplicativo fechado.
Além disto, o xkill não garante o fechamento do aplicativo — a única coisa que ele se propõe é fechar sua conexão com o gerenciador gráfico de janelas.
Embora a maioria dos aplicativos costume abortar quando a sua conexão com o X é fechada, alguns podem optar por continuar rodando, em background.

LEITURA SUGERIDA

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia.
Fã de séries, como “Rick and Morty” e “BoJack Horseman”.
Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *