vim editor

As teclas de comando do editor vim

Quando não estiver escrevendo texto ou editando código no Vi ou no Vim, o modo de comando pode ser ativado, com o pressionamento da tecla ESC.
Neste modo, é que realizamos operações de arquivo ou de texto.

Tenho por hábito, quando paro para pensar sobre o que estou a escrever, sair do modo de edição e gravar o meu trabalho.
Esta prática é recomendada por vários autores.

Se quiser se aprofundar no assunto, sugiro ler mais no site ou dar uma olhada no excelente tutorial do Guru99 (in english).
O Vi tem basicamente 2 modos de operação:

  1. Modo de comando — é o modo padrão. Quando entramos no vim, ele já se encontra no modo de comando.
    Além disso, sempre que quiser voltar a este modo, pressione a tecla ‘ESC’.
    O command mode é voltado para realizar tarefas, como:

    • mover e posicionar o cursor dentro do texto.
    • copiar, cortar e colar blocos de texto.
    • gravar seu arquivo atual, gravar com um novo nome, abrir um novo, sair do editor, alterar o tema da sintaxe etc.

    Os comandos dados são sensíveis à caixa. Ou seja, ‘:wq’ é diferente de ‘:WQ’. Fique atento a isto.

  2. Modo de inserção — voltado para escrever e inserir texto.
    Você pode entrar nele, com o pressionamento da tecla ‘i’ (de insert ou inserir).
    Também é possível iniciar o modo de inserção com as teclas:

    • a — começa a inserção após (after) ou depois da posição do cursor.
    • A — começa a inserção ao final da linha atual.

Apesar de gostar da grande quantidade de recursos das IDEs — sou fã da Komodo IDE e da Netbeans — nada substitui a velocidade de um editor como o vi.
Para pequenos blocos de código ou pequenos projetos, é sempre a minha escolha.

Agora, tecle ‘ESC’ e acompanhe a tabela de comandos do Vim, que segue, abaixo:

Teclas Ação
u Desfaz (undo) a última ação.
U Desfaz as últimas ações na linha atual.
o Inicia (open ou abre) uma nova linha e entra no modo de inserção automaticamente.
dd A sequência apaga a linha atual (que se encontra sob o cursor).
3dd Apaga 3 linhas de uma vez.
D Apaga o conteúdo da linha, após o cursor.
C Apaga o conteúdo da linha, após o cursor e inicia o modo de inserção de conteúdo.
dw Apaga uma palavra à direita.
4dw Apaga 4 palavras à direita.
cw Permite alterar a palavra sob o cursor.
x Apaga o caractere sob o cursor.
r Substitui um caractere.
R Inicia o modo de sobrescrita a partir da posição atual do cursor.
s Substitui o caractere na posição do cursor e continua a edição em modo de inserção.
S Começa a inserção na linha atual, substituindo o seu conteúdo.
~ (til) Altera a caixa do caractere sob o cursor.

Como movimentar o cursor dentro do vim

Além das teclas direcionais do teclado, que você já conhece ← ↓ ↑ →, é possível usar também, nas mesmas funções as teclas k,j,h e l:
No modo de comando (ainda):

Teclas Ação
h Movimenta o cursor para a esquerda.
j Movimenta o cursor para baixo.
k Movimenta o cursor para cima.
l Movimenta o cursor para a direita.

Como gravar e fechar o arquivo

Por fim, veja como gravar as alterações feitas no arquivo e fechá-lo.

Teclas Ação
shift + zz Grava o arquivo e fecha o vim.
:w Apenas grava o arquivo e o mantém aberto.
:q Fecha, sem gravar nada.
:q! Fecha (à força), sem gravar nada.
:wq Grava o arquivo e fecha o vim.

Referências

Mais posts sobre o Vim editor: https://elias.praciano.com/?s=vim+editor.
Site do Guru99: https://www.guru99.com/the-vi-editor.html

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia. Fã de séries, como "Rick and Morty" e "BoJack Horseman". Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.