telegram logo

Instale o Telegram para Linux

A versão para desktop do Telegram é uma opção para se comunicar com as pessoas, através do PC ou laptop.
O produto atingiu a versão 1.0 em 12 de Janeiro de 2017. Trata-se de um aplicativo maduro, mas alguns recursos fazem falta para usuários mais avançados.
tela do inicio da instalação do telegram
Se tudo o que você quer é obter as notificações de apps do celular na tela do desktop, sugiro experimentar o Nuntius.

O Telegram desktop é para quem deseja a experiência completa — sem a necessidade de ter que abrir uma janela a mais do navegador para comportar a versão web do app.

Neste texto vamos mostrar como baixar e instalar o pacote Telegram desktop em um sistema Linux — a partir do site oficial.
Só para contextualizar, para escrever este post usei o Debian 9 testingStretch“. Os procedimentos, entretanto, são os mesmos para qualquer versão do Linux.
Abra um terminal e vamos lá!

Como instalar o Telegram do site oficial

Vá até o site https://desktop.telegram.org/ e baixe a versão sugerida.
Se a versão exibida na tela principal do site não for a adequada para o seu caso, clique em “Show all platforms” para ver outras opções.
No meu caso, selecionei a opção oferecida: “Get Telegram for Linux 64 bit“.
baixar instalar telegram desktop 64 bits
Aguarde enquanto se dá o download do pacote tsetup.x.x.x.tar.xz.
Em seguida, vá até a pasta (usualmente ~/Downloads) em que se encontra o pacote baixado e faça a extração do aplicativo:

tar xvf tsetup.1.0.0.tar.xz

Isto é tudo. Se quiser conhecer melhor o comando tar, leia este post.
Já é possível executar o aplicativo com o comando:

Telegram/Telegram 

Opcionalmente, você pode manter os aplicativos em outro diretório mais apropriado.
Eu gosto de manter o Telegram dentro de /opt — tal como o Komodo Edit:

sudo mv Telegram/ /opt/
/opt/Telegram/Telegram 

Para não ter que digitar o caminho completo do aplicativo, toda vez que o for usar, crie um ink simbólico pare ele:

ln -s "/opt/Telegram/Telegram" /usr/local/bin/telegram

Uma outra forma de fazer o download daquele mesmo pacote do Telegram desktop, pode ser através do comando wget. Veja:

wget http://tdesktop.com/linux
# ao finalizar o download,
# descomprima o arquivo:
tar xvf linux
# mova o conteúdo para o diretório /opt (ou qualquer
# outro da sua preferência):
sudo mv Telegram/ /opt/
# crie um link simbólico:
ln -s "/opt/Telegram/Telegram" /usr/local/bin/telegram
# ... e já pode rodar o Telegram do terminal!
telegram &

Como facilitar ainda mais…

Se você prefere dispensar o terminal para executar o Telegram (eu também!!), pode adicioná-lo ao dash ou à área de trabalho. A solução, que segue, se aplica ao GNOME e ao Unity do Ubuntu.
Crie o arquivo ‘.local/share/applications/telegram.desktop’, usando o seu editor favorito.
Em seguida, copie e cole o seguinte conteúdo para dentro dele:

[Desktop Entry]
Encoding=UTF-8
Name=Telegram
Exec=/opt/Telegram/Telegram
Icon=/opt/Telegram/telegram128.png
Type=Application
Categories=Network;

Salve o arquivo e feche o editor.
Não esqueça de adequar as seguintes linhas do arquivo à realidade do seu sistema.

Exec=/opt/Telegram/Telegram
Icon=/opt/Telegram/telegram128.png

Você provavelmente não tem o arquivo de imagem ‘/opt/Telegram/telegram128.png’. Contudo, você pode encontrar vários ícones gratuitos no iconfinder. — eu encontrei o meu aqui.
Faça o download e copie o arquivo de imagem para o local certo, com o nome certo.
Este é o meu exemplo:

sudo mv Downloads/1484683529_telegram.png /opt/Telegram/telegram128.png
_

Depois disso, já é possível encontrar o aplicativo no dash do GNOME ou do Unity.
telegram icon on gnome dash

Uma rápida análise do Telegram para desktop

Como eu disse, lá no começo do post, usuários avançados podem sentir falta de alguns recursos ou detalhes.
A possibilidade de usar negrito ou itálico ainda não está presente (na data deste post) na versão desktop. Quando você quiser usar estes recursos, volte para o telegram web ou o app móvel.
telegram markdown language support
Os desenvolvedores ainda estão trabalhando no suporte ao markdown.
os robôs (que eu gosto de usar) estão todos presentes, até onde percebi.

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia. Fã de séries, como "Rick and Morty" e "BoJack Horseman". Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

Um comentário sobre “Instale o Telegram para Linux”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *