Use o Xarchiver para criar backups criptografados

O Xarchiver é, antes de mais nada, um gerenciador/gestor de arquivos — que nem o Nautilus, do GNOME (presente no Ubuntu, Debian, Fedora etc.)
O seu destaque é a possibilidade de empacotar arquivos em diversos formatos, através de variados métodos ou algoritmos.

Já mostrei como compactar arquivos no Linux, usando o Xarchiver.
Aqui, vamos ver como adicionar senha, para impedir que o conteúdo dos arquivos seja visto por pessoas não autorizadas por você.

O Xarchiver tem os seguintes recursos, em relação aos formatos suportados:

  • tem suporte aos formatos mais usados de empacotamento: arj, rar, zip, bzip2, gzip, lha, lzma, 7z, tar, tar.bz2, tar.gz, tar.lzma, deb and rpm
  • leitura e criação de comentários nos arquivos arj, rar e zip.
  • quando o formato tem suporte a auto-extração, o Xarchiver também tem.
  • auto detecção de arquivos criptografados por senha, nos formatos arj, rar e zip. Tem suporte a criptografia 7z, mas não auto detecção.
  • tem suporte aos formatos mais usados de empacotamento: arj, rar, zip, bzip2, gzip, lha, lzma, 7z, tar, tar.bz2, tar.gz, tar.lzma, deb and rpm

Passo a passo para arquivar com senha

Vou usar como exemplo, o arquivo backup003.zip.
Com o arquivo aberto e seu conteúdo aparecendo na tela principal, selecione Ação/Adicionar (ou Ctrl + D)
como criptografar arquivos no Linux usando o xarchiver
Em seguida, na tela de seleção e inclusão de novos arquivos ao pacote, selecione a aba “Opções”.
como criptografar arquivos no Linux usando o xarchiver
No painel de opções, localize a caixa para ativar e digitar a senha.
como criptografar arquivos no Linux usando o xarchiver
Quando não há suporte a criptografia, a chave com senha ou a qualquer outra opção, as alternativas possíveis aparecem esmaecidas no painel.
como criptografar arquivos no Linux usando o xarchiver
Neste caso, resta procurar outra opção de compactação ou empacotamento, dentre as muitas que o aplicativo já oferece.
Note que, dentro do pacote, os arquivos são armazenados com seus nomes reais.
Isto quer dizer que o método de compressão age sobre o conteúdo e deixa os nomes dos arquivos intactos.
Ou seja, convém evitar usar nomes “chamativos” que, em tese, acabam “entregando mais do que o próprio conteúdo”:

  • como_eu_roubei_um_banco.txt
  • NotasFiscaisFriasDaMinhaEmpresa.odt
  • MinhaFotoMostrandoOQueNãoDeveria.jpg
  • etc.

Acho que deu pra entender… 😉

Como extrair arquivos empacotados com senha?

A extração é muito intuitiva.
Localize o pacote de arquivos, com o seu gerenciador de arquivos preferido (pode ser o Nautilus, para quem usa o GNOME).
Clique 2 vezes sobre ele.
como criptografar arquivos no Linux usando o xarchiver
Assim que você tentar fazer a leitura de algum arquivo, dentro do pacote, a senha será pedida.

Use o Xarchiver para compactar arquivos no Linux

O Xarchiver é uma ferramenta gráfica (GUI) para comprimir arquivos e que pode facilitar o seu backup.
O utilitário pode ser usado para selecionar uma grande quantidade de arquivos ou diretórios (pastas) para compactação através de diversos métodos e algoritmos.
Neste artigo, vou mostrar algumas importantes opções de uso do aplicativo.

Xarchiver é uma interface GTK+ leve e independente de área de trabalho para manipulação de arquivos compactados nos formatos xz, 7z, arj, bzip2, gzip, rar, tar, zip, rpm e deb. Ele permite que você crie arquivos compactados e adicione, extraia e exclua arquivos a partir deles. Arquivos protegidos por senha nos formatos arj, 7z, rar e zip são suportados.

Como instalar o Xarchiver

Abra o gerenciador de aplicativos do seu sistema e procure pelo ‘xarchiver’.
xarchiver install
Proceda com a instalação, clicando no botão ‘Instalar’.
Se preferir usar a CLI, abra um terminal e instale o pacote de mesmo nome:


sudo apt install xarchiver


O exemplo acima se refere às distribuições derivadas do Debian (Ubuntu, Linux Mint etc.)
Se você usa outra, substitua o gestor de pacotes apt pelo padrão da sua distro (dnf, yum etc.)
O restante deste tutorial irá seguir com o uso da interface GNOME, padrão atual em várias distribuições GNU/Linux.
Se este não for o seu caso, não se preocupe, pois os procedimentos tendem a ser (com pouquíssimas variações visuais) os mesmos.

Como comprimir arquivos com o Xarchiver

É possível arrumar o seu gerenciador de arquivos ao lado do Xarchiver.
Em seguida, selecione os arquivos que serão compactados e arraste-os para dentro da janela principal do Xarchiver.
Esta é uma das formas de fazer um backup ou empacotar arquivos para enviar para outra pessoa.
Debian Gnome xarchiver & nautilus

Eu prefiro abrir apenas o Xarchiver e, a partir dele, selecionar os arquivos a serem compactados.
Segue um passo a passo:

  1. Clique em Pacote/Novo (ou use o atalho Ctrl + N).
  2. linux xarchiver backup tool
    Você pode clicar no ícone "Novo documento" para iniciar um novo backup.
  3. Dê um nome para o seu pacote de arquivos.
    Selecione, em "Tipo do Arquivo" (embaixo) o método de empacotamento/compactação desejado.
    O tar.bz2 é o que costumo usar para os meus backups.
    linux xarchiver backup tool
    Clique em "Criar" para voltar à tela inicial.
  4. De volta à tela principal clique Ação/Adicionar (Ctrl + D) para incluir arquivos no pacote.
    linux xarchiver backup tool
    O trabalho de compressão é iniciado logo após clicar no botão 'Adicionar', no canto inferior direito.
    linux xarchiver backup tool
    Note que, na barra de status, na parte inferior da janela do Xarchiver, é exibida a mensagem "Adicionando arquivos ao pacote, aguarde por favor...". Ao mesmo tempo, à direita da mensagem um círculo alterna sua coloração entre verde e vermelho, indicando atividade.
    linux xarchiver backup tool

Se o volume de arquivos, a compactar, ultrapassar 1 GiB — e a sua máquina não for das mais rápidas — o procedimento pode ser um tanto demorado. Tenha paciência.

Como descomprimir pacotes de arquivos a partir do gerenciador de arquivos (Nautilus)

O procedimento é simples e intuitivo.
xarchiver extract files

Abra o gerenciador de arquivos padrão do seu sistema e localize o pacote de arquivos que você deseja inflar (ou extrair arquivos de dentro dele).
Se quiser extrair todos os arquivos na pasta atual, clique sobre o nome do pacote com o botão direito do mouse e selecione 'Extrair'.
Se preferir indicar a pasta para a qual serão extraídos os arquivos do pacote, selecione 'Extrair para'.

Como extrair arquivos dos pacotes a partir do Xarchiver

Localize o pacote a ser descomprimido com o Nautilus.

  1. Clique 2 vezes sobre o nome do pacote.
  2. Selecione os arquivos que deseja extrair.
  3. Clique com o botão direito sobre a seleção clique sobre 'Extrair'.
    linux xarchiver backup tool

Em que casos você não deve usar o Xarchiver

As atividades de compressão/descompressão de arquivos podem ser vorazes em relação aos recursos do seu sistema.
Em outras palavras, se você tiver muitos arquivos grandes, totalizando um volume na casa dos GiB, o sistema pode ficar lento e, em alguns momentos, deixar de responder temporariamente — principalmente, em computadores mais antigos.
Apenas, tenha paciência e espere.
O ideal pode ser fechar outros aplicativos e deixar apenas o Xarchiver trabalhando em paz, enquanto você vai pegar um café.
Se você é do tipo que não gosta de esperar e quer usar o sistema durante um trabalho de backup intenso, a solução ideal é usar o tar/bzip2 no modo texto.
Para algumas pessoas, isto envolve perder o preconceito (ou medo) da CLI — que é o melhor lugar para se fazer serviço pesado.