Configure o DuckDuckGo como buscador padrão do Google Chrome

O DuckDuckGo.com é conhecido por ser um aplicativo online de buscas que respeita a sua privacidade.
É financiado com publicidade dentro do serviço, mas não rastreia o usuário e nem colhe informações pessoais.

A publicidade exibida se restringe às palavras-chave usadas na caixa de busca.
Na minha opinião, como usuário do serviço há mais de um ano, seus resultados não ficam a dever para nenhum outro concorrente.
Sempre obtenho resultados relevantes e rápidos.

Contudo, a sua opinião é a que importa, neste ponto.
Faça a experiência e me diga o que achou nos comentários.

Neste post, vou mostrar o passo a passo para configurar o DuckDuckGo como mecanismo de pesquisa padrão do navegador Google Chrome — tanto na versão desktop quanto na versão móvel (no seu celular).

Como configurar o DuckDuckGo no Chrome para desktop

No seu PC ou notebook, abra o navegador Google Chrome e, em seguida, clique no botão de menu, no canto superior direito.
Clique no item “Configurações”, ao final do menu.
google chrome confiigurações

No painel de configurações, role até a seção “Mecanismo de pesquisa” e selecione o DuckDuckGo, conforme a imagem abaixo.
Google Chrome duckDuckGo

Já pode fechar a aba. O ajuste já está feito.
Se quiser desfazer, futuramente, basta voltar a este mesmo painel.

Como alterar o mecanismo de pesquisa no Google Chrome para Android

No Android, o processo é semelhante, mas pode ser necessário fazer um acesso ao site https://duckduckgo.com antes, para que ele fique registrado no histórico do navegador e apareça na lista de opções dos sites busca “Visitados recentemente“.

Leia mais sobre o DuckDuckGo ou sobre privacidade.

Instale o navegador DuckDuckGo no seu celular e tenha muito mais privacidade.

O aplicativo de navegação na Internet, — ou Duckduckgo privacy browser — tem a proposta de oferecer novos padrões de confiança para seus usuários online.

O básico e o essencial da segurança online, ao fazer buscas e visitar sites na internet, são oferecidos pelo navegador, na forma de bloqueios de trackers (rastreadores), criptografia mais eficiente e um mecanismo de busca próprio.

A ideia é que a obtenção da privacidade, na Internet, seja tão simples quanto fechar as cortinas da sua casa.

Neste post vou abordar a instalação e alguns itens da configuração inicial do navegador DuckDuckGo para Android.

Não se iluda, contudo.

Atualmente, o estado da arte da privacidade só pode ser obtido ou alcançado mantendo distância dos dispositivos móveis.

Como instalar o navegador DuckDuckGo

há vários meios para obter e instalar o seu navegador seguro.

O próprio site possui a APK disponível para sistemas Android (links no final).

Se você tem a intenção de instalar a APK oficial, leia mais sobre o procedimento aqui.

Você também pode obter o app do site/F-Droid.

Configurações iniciais do DuckDuckGo.

Os itens descritos nesta seção são apenas opcionais.

Se quiser, pode começar usar o seu novo navegador sem nada disso.

Pessoalmente, gosto de instalar o widget de busca do DuckDuckGo direto na minha tela inicial.

Para isso, mantenha o dedo pressionado sobre uma área vazia da tela do seu Smartphone e selecione “Widgets”, embaixo.

Em seguida selecione o buscador do DuckDuckGo.

A minha segunda sugestão é configurar como seu navegador padrão.

Para isso, toque no botão de menu, canto superior direito do DuckDuckGo, para a lista do menu aparecer.

Em seguida, selecione “Settings”.

Agora ligue a opção “Set as default browser”.

Você será levado a uma tela de configuração do Android.

Nesta tela você deverá selecionar a opção de navegador padrão, em “App de navegador”.

Uma lista de aplicativos de navegação disponíveis no seu sistema será exibida.

Escolha o DuckDuckGo e… pronto.

Conclusão

A instalação e o uso do DuckDuckGo representa apenas um passo na direção da sua segurança e privacidade online.

Muitos outros passos precisarão ser dados, ainda.

Se você precisa se preocupar com a privacidade e a segurança em nível bem mais alto, o ideal é se afastar do celular, pelo menos nos momentos mais críticos (por exemplo, reunião com setores estratégicos da sua empresa).

Referências

Download da APK: https://github.com/duckduckgo/Android/releases

Download da Play Store: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.duckduckgo.mobile.android

Download da Apple Store: https://itunes.apple.com/us/app/duckduckgo-search-stories/id663592361?mt=8

Download da F-Droid: https://f-droid.org/packages/com.duckduckgo.mobile.android/

Método de instalação do Tails Linux em pendrive, via Ubuntu ou Mint.

O tails-installer é um aplicativo feito pelos desenvolvedores do sistema operacional Tails.
Baseado na versão mais atual do Debian, é um projeto voltado para usuários comuns e profissionais que necessitam ter um nível de privacidade, mas não querem (ou não sabem) se dar ao trabalho de configurar o seu sistema para isto.

O Tails é um Debian, que já vem com as configurações de privacidade, que você precisa, prontas.

Já abordei como instalar este aplicativo no Debian.
Neste post, vou mostrar como instalar o tails-installer no Ubuntu e no Linux Mint.
Nestes 2 sistemas, o aplicativo pode ser obtido através de PPAs.
Há vários motivos para não usarmos PPAs, como metodologia de instalação de novos programas, mas acredito que este caso vale como uma exceção.
tails oficial logo
Sugiro iniciar o download da imagem do Tails, enquanto você continua a leitura deste artigo, a partir deste site: https://tails.boum.org/index.pt.html.

Como instalar a PPA, para Ubuntu e Mint

Abra um terminal e adicione a PPA:


sudo add-apt-repository ppa:tails-team/tails-installer

Em seguida, sincronize o sistema com o repositório:


sudo apt update

… e faça a instalação do utilitário:


sudo apt install tails-installer

Agora, você já pode encontrar o tails-installer a partir dos menus do sistema, do Dash ou apenas rodá-lo da linha de comando:


tails-installer

Na tela de apresentação, selecione a opção “Install”.
tails-installer instalação ou atualização
Agora, siga estes passos:

  1. Selecione a imagem do Tails que você baixou anteriormente.
  2. Selecione corretamente a localização do seu pendrive.
  3. Verifique se as informações estão corretas. O próximo passo irá formatar completamente o dispositivo de armazenamento que você selecionou, acima.
    Se tudo estiver OK, clique em “Install Tails”.

tails-installer
O processo irá demorar (menos de) 15 minutos para ser concluído e pedir que você se autentique para realizar algumas tarefas administrativas no seu pendrive.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Referências

Leia outros posts sobre o Tails.
https://tails.boum.org/install/debian/usb/index.en.html.

O Tails é uma solução rápida para quem deseja privacidade e segurança ao usar o computador.

Baseado no sistema operacional Debian GNU/Linux, o Tails é uma distro voltada para quem deseja ter privacidade e se comunicar por meios criptografados.
Até esta década, as pessoas têm percorrido um longo caminho na direção indicada pelas grandes corporações, no sentido de obter muito mais conveniências e conforto — ao mesmo tempo em que abrem abrem mão da sua liberdade.
O Tails faz o contrário: te rouba um pouco de conforto e conveniência e dá mais liberdade.
Muitas pessoas preferem usar o Tails instalado em um pendrive ou CD/DVD-ROM. Desta forma, podem usar a Internet e lidar com informações importantes, em segurança, mesmo usando computadores de terceiros (ou públicos).
Mas é possível instalar o Tails em seu PC ou laptop pessoal também, caso você queira estar protegido o tempo todo.

Claro que a segurança de que falamos aqui não é absoluta. Mas eu não consigo pensar, hoje, em uma maneira mais eficiente de oferecer um ótimo nível de segurança para qualquer pessoa do que simplesmente passar a usar o Tails.
Atualmente, é a distribuição Linux recomendada por ninguém menos que Edward Snowden.

Depois de instalado, é possível (e desejável) melhorar ainda mais os seus níveis de segurança, com o Tails.
Sempre que se fala em não abrir mão da conveniência é importante também refletir sobre o quanto seria inconveniente a um jornalista ter reveladas as suas fontes ou apagados, à sua revelia, documentos importantes para uma investigação em andamento.
O quão desconfortável seria para um empresário ter seus planos e estratégias lidos por um concorrente? Quanto de seu trabalho estaria indo pelo ralo?
Quem pratica ativismo que atinja um governo ou grandes corporações também tem razões para se cercar de certos cuidados.
Este é o ambiente ideal para ver sites adultos com segurança.

Em um mundo ideal, não precisaríamos ter cercas, portas trancadas etc. Nós não vivemos em um mundo ideal, contudo.
Os ataques podem vir de criminosos “civis”, do Estado ou das corporações.

tails black theme

O que é e como funciona o Tails

O Tails é um sistema operacional GNU/Linux, com foco na privacidade do usuário.
É baseado no Debian 9.0 stretch — lançado em 2017 e com suporte garantido até 2023.

Contar com o suporte estendido do Debian é importante, por que garante atualizações de segurança que — como todo mundo sabe — costumam chegar no mesmo dia em que alguma vulnerabilidade é descoberta.
Além disso, o usuário conta com extensa documentação online disponível.

A versão atual é exclusiva para hardware de 64-bit.
A decisão dos desenvolvedores, ao cessar o suporte a 32-bit se deve a tirar partido do processamento mais avançado, por questões de segurança e confiabilidade.
Tecnicamente, para se proteger de certos tipos de exploits, é necessário que seu processador tenha suporte a recursos presentes somente nos processadores mais modernos — como NX bit, PIE, ASLR etc.

Onde baixar o Tails

A versão principal do sistema operacional é live, ou seja, pode rodar de um pendrive ou de um CD/DVD. Neste caso, você pode levar o seu Tails para onde você for.
Para instalar o Tails em um pendrive (de pelo menos 4 GB), escolha uma das alternativas deste texto.
O download pode ser feito do site oficial:

Leia mais sobre o assunto, clicando nas tags: tails, privacidade e criptografia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Referências

Leia mais sobre Criptografia para jornalistas.

Leia mais sobre o Tails aqui: https://tails.boum.org/index.pt.html (texto em português).

Contribua com o desenvolvimento e manutenção do projeto: https://tails.boum.org/contribute/index.pt.html.

Como alternar para o modo convidado no Android

Comumente, precisamos emprestar nosso telefone para alguém próximo (usualmente amigo ou da família) poder realizar alguma ligação ou acessar algo na Internet.
Para não expôr a sua privacidade — o que você vê na Internet, suas fotos, seus vídeos etc. — é possível, com apenas 2 toques, mudar para o modo convidado ou guest mode. Depois disso, é só entregar o aparelho, com toda a tranquilidade.
O usuário convidado poderá fazer suas ligações, acessar a Internet etc. — até mesmo em outro local, longe dos seus olhos. O recurso permite preservar a sua privacidade e a dele(a).
O Android não permite que o convidado acesse os arquivos do dono do aparelho, tampouco seu histórico de navegação ou as suas contas nas redes sociais.

As últimas versões do Android incorporaram o recurso guest mode, que torna seus dados inacessíveis às pessoas para quem você empresta o celular.
É como se estivessem usando um aparelho totalmente novo, recém-chegado da loja.

Como acessar o modo convidado do Android

Siga o seguinte procedimento para ativar o guest mode no seu smartphone:

  1. Arraste a barra de status, para baixo, com 2 dedos.
  2. Toque no ícone do usuário, na parte superior, à direita.
  3. Agora, toque em “Adicionar convidado” ou “Add guest” (na versão em inglês, do Android).

…e aguarde a alternância.

Para sair do modo convidado, Siga os 2 primeiros passos novamente. Em seguida toque no ícone do usuário principal do telefone.

O que acontece quando o smartphone está no modo convidado

Como você vai perceber, ele vai adquirir a aparência original do smartphone.

O convidado passa a usar uma área de armazenamento somente sua, embora continue a compartilhar itens do hardware do aparelho com o usuário-proprietário.

Cuidados que você precisa ter ao usar um aparelho no modo convidado

Os usuários do dispositivo (convidado e proprietário, neste caso) não têm acesso às áreas uns dos outros. Isto quer dizer que, eventuais fotos ou downloads que o guest fizer, ficarão armazenados em seu próprio espaço.
Como comportamento padrão, quando o convidado sair, o Android remove seus arquivos e todos os resquícios de sua presença do telefone.
Tenha cuidado, antes de se desautenticar como guest, para armazenar o que você ainda vai precisar usar em outro local.

Todos os arquivos e apps baixados pelo convidado, bem como suas configurações, serão perdidas.

Se o convidado for usar o aparelho por um período mais prolongado e se for tirar fotos, por exemplo, é recomendado se logar em algum serviço de nuvem, para armazenar suas imagens.