Como gravar Linux em um pendrive

Há várias maneiras de gravar o Linux em um flash drive ou pendrive, para ser executado posteriormente.
Mesmo tendo ele instalado em todos os meus laptops, também tenho alguns outros pendrives rodando algumas das minhas distribuições favoritas (ou necessárias).

O Tails é, na minha humilde opinião, a distribuição GNU/Linux mais indicada por quem deseja/precisa navegar na Internet com privacidade — Na sua casa, na dos amigos ou no cibercafé, o Tails oferece mais garantias de que a sua passagem por sites de bancos, governamentais, adultos etc. não será rastreada.
É o que faz dela uma das melhores distribuições para se ter em um (pen)drive portátil.

Outras distros são ótimas para quem trabalha com suporte técnico, pois permitem acessar todo o hardware do computador e fazer um diagnóstico mais preciso e, possivelmente, resolver problemas.
Em relação à mídias, como CD, DVD ou Bluray, o uso de uma mídia flash oferece várias vantagens — como a velocidade, a possibilidade de gravar várias outras vezes e poder ter um espaço para armazenar, dentro dele, seus arquivos pessoais.
Por fim, ter o Linux em um flash drive é uma das formas mais simples de instalar o sistema do pinguim em outros computadores ao seu redor.
Segue alguns dos métodos que eu mais uso para instalar Linux em pendrives ou cartões de memória flash (quando é possível dar boot com eles). Escolha o seu:

  1. Como instalar Ubuntu no pendrive
  2. Como criar um pendrive bootavel com Linux, usando unetbootin — tem a vantagem de fazer o download da sua versão Linux preferida e te entregar um pendrive pronto, ao final do processo. Vale experimentar.
  3. Como instalar o Linux em um pendrive com o comando dd — se você não tem medo da CLI (linha de comando), este pode ser o método mais simples, rápido e seguro.
  4. Como criar um pendrive bootavel com o openSUSE.
  5. Via Windows — há vários aplicativos para Windows que facilitam a instalação do Linux em um pendrive.
    Este é o único caso que eu não testei (não uso Windows há mais de 10 anos) e portanto continuo não sabendo como as coisas funcionam (ou não) por lá.
    Entretanto, fiz uma tradução livre do site Pendrive Linux e a postei em Como instalar Ubuntu em um pendrive via Windows. Faça o teste e nos conte como foi!

Os artigos contém links para outros textos ou tags do site, que podem ajudar a entender melhor um ou outro assunto específico.
Você usa algum outro método? Prefere fazer de outro jeito? Conte para a gente, nos comentários.

Como criar um pendrive com Linux, usando o UNetbootin

O UNetbootin baixa e instala automaticamente o Linux em um drive USB ou uma partição do seu HD à sua escolha.
O aplicativo, desenvolvido em C++, por Geza Kovacs, tem versões para rodar em Windows, Mac e Linux e permite criar dezenas de distribuições Linux live e mais alguns aplicativos em um dispositivo de armazenamento USB.
flash memory icon
Se você usa Windows ou Mac OS, baixe o UNetbootin direto do site oficial, cujo link está ao final deste artigo.
Usuários Linux, podem seguir as instruções do próximo tópico.
Já escrevi antes sobre como instalar Linux em um pendrive, com duas excelentes ferramentas:

Neste artigo, vou mostrar como realizar esta tarefa com o aplicativo UNetbootin, que tem uma vantagem interessante:

  • O programa fornece uma lista com várias distribuições Linux, entre as mais usadas, com opções de várias versões e baixa a imagem daquela que você escolher.
    Isto facilita bastante a tarefa para iniciantes.

Como baixar e instalar o UNetbootin no Linux

No Debian e nas distros derivadas (como o Ubuntu, Linux Mint etc), é possível instalar com o apt-get ou aptitude:

sudo apt-get install UNetbootin

No Fedora, é possível baixar com o yum:

yum install unetbootin

Ao final desta página, há uma relação de links para páginas de downloads específicos para algumas distribuições Linux.

Como usar o UNetbootin

O aplicativo precisa de privilégios administrativos, em alguns sistemas (Debian, por exemplo), para gravar a imagem no pendrive.
Por isto, ele pode pedir a senha de administrador (root) para dar início ao processo.
captura de tela do gksu.
Na tela inicial do UNetbootin, escolha o sabor do Linux desejado — eu contei mais de 40 disponíveis.

captura de tela do aplicativo UNetbootin
Clique, para ver detalhes.

A tela seguinte, permite escolher uma das versões disponíveis do “sabor” Linux desejado.
A quantidade de opções, na lista, vai variar de acordo com a distribuição escolhida.
captura de tela do aplicativo UNetbootin exibindo a lista de versões disponíveis da distribuição Linux escolhida.
Clique, para ver detalhes.

Veja, ao final do artigo, alguns links úteis para sites de onde você pode encontrar e baixar a imagem Linux ideal para você — no caso de você querer uma que não esteja listada.
A seguir, escolha o local (pendrive) onde você deseja que a sua distro seja instalada.
Se a distro escolhida for Ubuntu, ou derivada deste, indique o espaço reservado para armazenar dados — isto pode ser importante, se você pretende usar o Linux a partir do seu pendrive (muita gente faz isto, quando vai a uma lan house, cibercafé ou usar o computador de outras pessoas, para preservar sua privacidade).

O processo de instalação do Linux no pendrive

O processo vai ocorrer em 4 passos — e não precisa da intervenção do usuário.
Dependendo da sua conexão, pode ser um pouco lento fazer o download da imagem Linux pedida.
Em seguida, o aplicativo vai extrair e preparar os arquivos para gravação no dispositivo USB — ou qualquer outro que você tenha especificado, na tela inicial.
No terceiro passo, o UNetbootin faz a instalação na mídia USB.
Enfim, basta reiniciar o computador no qual você vai usar o seu novo Linux.

captura de tela do aplicativo unetbootin fazendo download do xubuntu
Clique para ver detalhes.

Recomendações finais

Você pode obter um funcionamento melhor do UNetbootin, se inserir e montar o drive USB ou o cartão de memória, antes de iniciar o aplicativo.
Se você não encontrar a distro e a versão desejada, ainda é possível usar o UNetbootin, para gravar a imagem desejada — mas você vai ter que baixar a imagem que você quer, antes.
Usuários mais avançados, podem usar opções de linha de comando, para executar fazer o aplicativo ir direto ao ponto desejado.
Para exemplificar, se você já baixou uma imagem, pode indicar sua localização antecipadamente assim:

unetbootin method=diskimage isofile="/home/justincase/Downloads/Ubuntu14.04.01.iso"

LEIA TAMBÉM

Referências e links para downloads:

Como instalar Ubuntu em um pendrive via Windows

Ter o Ubuntu instalado em um pendrive, pronto para uso, pode ser de grande utilidade para proteger sua privacidade ao usar computadores de terceiros (na casa de um amigo, no cibercafé etc).
Há vários métodos e aplicativos disponíveis para realizar esta tarefa.
Neste texto, vou mostrar como instalar o Ubuntu (ou qualquer outra distribuição Linux) em um pendrive, com o aplicativo Universal USB Installer, ou UUI.
A minha recomendação, contudo, permanece sendo instalar o Linux em um pendrive, a partir de outra máquina Ubuntu. Se você tiver algum amigo que use Ubuntu, esta será uma tarefa muito mais fácil de realizar.
Usuários do Mac, podem usar o UNetbootin, também bastante simples.

O que você precisa ter

Para quem precisa fazer a instalação a partir de uma máquina Windows, será necessário ter um pendrive com, pelo menos, 2Gb de espaço livre. Ele deve estar formatado com os sistemas de arquivo Fat16, Fat32 ou NTFS. O seu PC ou notebook tem que ter suporte a dar boot via USB.
ubuntu install usb
Você vai precisar fazer o download destes itens:

  • Ubuntu — escolha neste site a versão que se adéqua às suas necessidades e clique em Iniciar download
  • UUI – Universal USB Installer — clique no link para baixar o Instalador Universal USB e execute-o no seu sistema

Havendo alguma dificuldade para baixar o UUI, vá até a página do PendriveLinux (em inglês) para baixar a mais nova versão e tirar alguma dúvida.

Preparando o pendrive

Depois de baixar o Ubuntu e instalar o UUI no seu sistema, execute o instalador.
Dentro do programa instalador selecione a distro Linux que você escolheu. Em seguida, indique onde se encontra o arquivo imagem (ISO) correspondente a ela.
create-usb-windows-2-12.10
Se o seu pendrive já se encontra conectado e reconhecido pelo sistema, você pode selecioná-lo. Depois, prossiga, clicando no botão “Create“.

LEIA MAIS
  • Instale qualquer Linux em um pendrive — o aplicativo UNetbootin, disponível para Windows, Mac e Linux, permite escolher uma entre dezenas de distribuições. Ele baixa e instala tudo pra você
  • Qual Ubuntu escolher — as dicas deste artigo, vão funcionar para outras distribuições Linux. Mas, se você optou pelo Ubuntu, conheça as diferenças entre as versões e qual pode ser mais interessante para você
  • O que fazer depois de instalar o Ubuntu — veja 10 dicas sobre o que fazer, logo depois de instalar o Ubuntu

Isto é o suficiente para iniciar o processo de instalação, que pode demorar alguns minutos.
Quando terminar, reinicie o computador, com o pendrive ainda conectado. Não esqueça de indicar na BIOS do seu sistema que deseja iniciá-lo pelo pendrive.
Divirta-se!