Apt-get: Quais as diferenças entre autoremove, autoclean e clean?

Estas 3 opções do comando apt-get são usadas na limpeza do sistema, mas tem funções e significados diferentes.
As três opções podem ser usadas, complementarmente para ajudar a liberar espaço no seu disco rígido e estão relacionadas à gestão de pacotes de softwares instalados no seu sistema.

É seguro fazer limpeza no Ubuntu?

Os aplicativos de gestão de pacotes apt-get e aptitude têm uma longa estrada e um extenso histórico no seu desenvolvimento.
Foram aperfeiçoados, no decorrer dos anos e são, provavelmente, os programas mais seguros a usar para gerir pacotes no Linux.
O artigo “Dicas para fazer uma faxina no Ubuntu” aborda este e outros métodos seguros para fazer uma limpeza, que melhore a performance do sistema e otimize o uso do seu espaço.

O que o comando autoremove faz

Este comando é frequentemente usado e, se você sempre instala programas com o comando apt-get, em um terminal, deve ter notado que o próprio sistema recomenda que você o utilize.

...
Lendo listas de pacotes... Pronto
Construindo árvore de dependências       
Lendo informação de estado... Pronto
Os seguintes pacotes foram instalados automaticamente e já não são necessários:
  audacity-data libflac++6 libid3tag0 libportsmf0 libsbsms10 libsoundtouch0
  libsoxr0 libvamp-hostsdk3 libwxbase2.8-0 libwxgtk2.8-0
Utilize 'apt-get autoremove' para os remover.
...

Mas, afinal, para que é que ele serve, mesmo?
A opção autoremove é parte da linha de comando do utilitário apt-get.
De acordo com a página oficial do seu manual, é importante quando desejamos remover pacotes que não são mais requeridos dentro do sistema.

“autoremove é usado para remover pacotes que foram instalados automaticamente para satisfazer dependências de outros pacotes e que já não são mais necessários.”
(página do manual)

Entre usuários que compilam programas é comum o processo requerer bibliotecas que somente serão usadas durante o processo — uma vez gerados, os binários nunca mais precisarão destas bibliotecas.
Isto acontece também quando fazemos uma instalação normal com apt-get ou aptitude — alguns pacotes podem ser instalados para satisfazer certas dependências.
Como usar:

sudo apt-get autoremove
Lendo listas de pacotes... Pronto
Construindo árvore de dependências       
Lendo informação de estado... Pronto
Os pacotes a seguir serão REMOVIDOS:
  audacity-data libflac++6 libid3tag0 libportsmf0 libsbsms10 libsoundtouch0
  libsoxr0 libvamp-hostsdk3 libwxbase2.8-0 libwxgtk2.8-0
0 pacotes atualizados, 0 pacotes novos instalados, 10 a serem removidos e 166 não atualizados.
Depois desta operação, 22,1 MB de espaço em disco serão liberados.
Você quer continuar? [S/n]

Se você quiser ter um sistema rápido, eficiente e enxuto, é recomendado remover tudo o que não é usado.
Não há necessidade de se preocupar em “quebrar” as dependências dos outros aplicativos do sistema. O Debian é muito seguro no controle das dependências — e o Ubuntu é baseado no Debian e, portanto, herda este ponto forte.

O que o autoclean faz?

Tal como o clean (veja abaixo), o autoclean limpa o seu repositório local — removendo os arquivos de pacotes (.deb) que não podem mais ser baixados (versões antigas…) e são completamente inúteis e obsoletos.
Este comando permite que o cache de pacote cresça sob controle no seu sistema.
Veja um exemplo de uso:

sudo apt-get autoclean
Lendo listas de pacotes... Pronto
Construindo árvore de dependências       
Lendo informação de estado... Pronto
Del libanyevent-perl 7.070-1 [403 kB]
Del libasync-interrupt-perl 1.20-1 [33,6 kB]
Del libcommon-sense-perl 3.73-1 [23,2 kB]
Del libguard-perl 1.022-2 [16,0 kB]
Del libjson-xs-perl 2.340-1+b1 [84,9 kB]
Del libev-perl 4.17-1 [242 kB]

O que o clean faz?

A opção clean vai além do autoclean — limpando e removendo todos os arquivos .deb (pacotes) contidos nos diretórios — exceto o lock file:

  • /var/cache/apt/archives/ e
  • /var/cache/apt/archives/partial/.

Se você quiser saber o espaço que os arquivos de pacotes .deb estão ocupando, no momento, use o seguinte comando:

du -sh /var/cache/apt/archives
21M	/var/cache/apt/archives/

Se você tem uma conexão à Internet lenta, pode ser interessante deixar estes arquivos onde estão: caso você desinstale alguns aplicativos, a reinstalação será muito mais rápida — uma vez que os pacotes não terão que ser baixados novamente.
Veja um exemplo de uso:

sudo apt-get clean

Leia mais

Posted from WordPress for Android