Como configurar o cache do mplayer

O mplayer é o tocador de vídeos CLI mais usado e mais presente nas principais distribuições Linux.
Se você tem este player instalado e gostaria de obter um melhor desempenho, com o uso do cache, saiba que é possível fazer este (e vários outros) ajuste(s), a partir dos arquivos de configuração do aplicativo.
mplayer configuration cache file
No Debian (testei na versão 9), os arquivos de configuração do mplayer ficam na sua própria pasta, no seu diretório padrão.
Para dar uma olhada no seu conteúdo, use o comando less:

less ~/.mplayer/gui.conf

Antes de prosseguir, sugiro fazer uma cópia de segurança do arquivo:

cp ~/.mplayer/gui.conf ~/

Se algo der errado, você não precisa se lembrar de todas as alterações feitas — pode, simplesmente, voltar à configuração original e começar a brincadeira de ajustes de novo.
Por fim, abra o arquivo, direto, com o seu editor favorito:

nano ~/.mplayer/gui.conf

A configuração do cache pode ser feita nestas 2 linhas do arquivo de configuração:

A primeira linha liga o cache; a segunda, define a quantidade de memória (em bytes) a ser usada pelo recurso.
Simples, não é?

Instale a versão para Wayland do mplayer 2

Se você já está usando e testando o Wayland, pode querer experimentar algumas versões de programas específicas para este servidor gráfico.
Neste post vou mostrar como baixar o código fonte da versão escrita para Wayland, do mplayer2 — escrita por Alexander Preisinger.
wayland logo 640px
Traga o código do GIT:

git clone https://github.com/giselher/mplayer2-wayland.git

Agora, entre no diretório criado e rode o configure:

cd mplayer2-wayland
./configure --prefix=$prefix --enable-wayland --enable-debug --disable-x11

Faça a instalação:

make
make install

Agora teste o aplicativo instalado, rodando um dos seus filmes:

mplayer -vo gl $meufilme-favorito.mp4

Como informação de adicional, o procedimento descrito foi testado no sistema Debian 9 “Stretch” testing, rodando o GNOME sobre o Wayland.
Não havia outra versão do mplayer instalada no sistema — portanto, embora as duas versões devam conviver bem, eu não sei se isto realmente ocorre.
Boa sorte!

Transforme a webcam em um espelho côncavo com o mplayer no Linux

Esta dica faz uso do programa mplayer para distorcer a imagem obtida pela sua webcam e exibi-la ao vivo em um quadro, na sua tela.
O procedimento pode ser usado por qualquer usuário iniciante (se você estiver com disposição para se divertir um pouco, será melhor ainda).
Note que é necessário usar os softwares contidos no pacote do mplayer2 — a versão padrão do mplayer, que vem instalada no Ubuntu 14.04 ou Debian 7.0 não permite fazer a brincadeira.
Para isto, faça a instalação do pacote:

sudo apt-get install mplayer2

Aguarde a instalação.
Agora, execute o seguinte comando:

mplayer --vf=geq='(p(X\,Y*sin(X/128))-0)' tv://

captura de tela do mplayer webcam
Na verdade, não sou tão feio assim… :p

Você pode alterar o valor do seno, entre parẽnteses sin(X/128). Originalmente, o valor usado era sin(X/512).
Faça as suas experiências.
A opção --vf=geq faz uso de um dos muitos recursos do mplayer: os filtros.
Ela ativa o filtro de equações — que pode usar várias constantes.


Se tiver filhos, eles(as) irão adorar a brincadeira.
Divirta-se!