Como ativar a exibição dos ícones no desktop do GNOME

Não se trata de um bug. O design da interface atual do GNOME 3 aboliu os ícones no desktop.
Mas veja como é maravilhoso o mundo do software livre — ninguém te obriga a nada e você tem opção para tudo.

Se você é o dono do desktop, ele tem que ter o que você quiser que ele tenha.

Neste caso, os ícones estão apenas com a sua exibição desativada.
Você pode usar o gsettings para ativá-los novamente. A mesma ferramenta pode ser usada para reverter o processo, como irei mostrar abaixo.
Para ativar os ícones, use a seguinte linha de comando:


gsettings set org.gnome.desktop.background show-desktop-icons true

gnome 3 com ícones na área de trabalho
O efeito deve ser imediato. Se isto não ocorrer, tente sair e entrar novamente no GNOME.
Para desativar o recurso, basta atribuir o valor “false” à variável show-desktop-icons:


gsettings set org.gnome.desktop.background show-desktop-icons false

Ative a exibição de atalhos e ícones na área de trabalho com o gnome-tweak-tool

O mesmo efeito pode ser alcançado com o uso da ferramenta gráfica gnome-tweak-tool, presente em muitas das distribuições Linux atuais.
Trata-se de uma ferramenta gráfica, voltada para realizar ajustes mais detalhados ou tunar a interface do GNOME.
gnome-tweak-tool ativar ícones na área de trabalho
Dentro do painel de ajustes (settings) da ferramenta, selecione a aba “Área de trabalho” e ative a opção “ícones da área de trabalho”.

Conheça algumas ferramentas de desenvolvimento da interface GNOME 3.

Algumas ferramentas ou atalhos voltadas para uso de desenvolvedores, estão incluídas na interface gráfica do GNOME e podem ser acessadas através de alguns atalhos simples.
As dicas, dadas neste post, só terão utilidade para desenvolvedores envolvidos em projetos no GNOME 3 (ou superior). Para o restante do público, são mera curiosidade.
Gnome 3 logo vertical oficial

Gnome Looking Glass

O Looking Glass é a ferramenta de inspeção integrada ao Gnome Shell.
Trata-se de um console JavaScript, útil para as atividades de debugging ou depuração de erros.
Como acessar: pressione Alt + F2, digite ‘lg’ e tecle Enter.
Para sair do Looking Glass, pressione ‘Esc’.

O Looking Glass é um depurador integrado à Shell GNOME e tem a intenção de ser uma espécie de Firebug do GNOME.

GNOME SHELL

Como reiniciar o GNOME

Pressione a combinação Alt + F2 e digite ‘r’ ou ‘restart’. A seguir, tecle Enter.
Este procedimento serve para reiniciar a GNOME Shell.
É útil para quando se está fazendo alguma alteração ao código do Gnome, enquanto está trabalhando na própria GNOME Shell.
É útil ter recurso, se você apenas fez alterações no código JavaScript da interface e, portanto, não há necessidade de compilar nada.
Neste caso, reiniciar o ambiente gráfico é o suficiente.
Pressione a combinação Alt + F2 e digite ‘rt’. Em seguida tecle Enter.
Este procedimento irá recarregar o tema da GNOME Shell.
É útil para os designers de temas testarem seus projetos, sem reiniciar toda a Shell.
O arquivo em questão é share/gnome-shell/theme/gnome-shell.css — recarregado com este comando.

Saindo do GNOME Shell

Pressione Alt + F2. Digite ‘debugexit’ e tecle Enter.
Este procedimento irá sair da GNOME Shell.
Costuma ser útil quando você está rodando uma versão em desenvolvimento da GNOME Shell, que você executou a partir da linha de comando: em sessão do GNOME 3 normal.
O gnome-session irá apeas reiniciar a GNOME Shell se você tentar sair dela.
Divirta-se!