Gerencie seus links e páginas preferidas com o Buku

Todo mundo precisa gerenciar seus bookmarks ou links para páginas favoritas.
Uma boa gestão das suas páginas favoritas, pode ser a diferença entre gastar tempo precioso, (re)caçando a informação nos mecanismos de busca e ir direto ao ponto.
buku gestor de favoritos e bookmarks
O Buku, a princípio tem a desvantagem de não ser portável, como os gestores online.
Contudo, tem outras vantagens, como a segurança — criptografia, possibilidade de manter backup dos atuais bookmarks de seus navegadores etc.
Desenvolvido por Arun Prakash Jana, o Buku já tem pacotes de instalação disponíveis nos repositórios de várias distribuições Linux.
No Debian, ele pode ser instalado via apt:

sudo apt update
sudo apt install buku

Após a instalação, já é possível fazer uso do aplicativo, direto no terminal.
Para adicionar um novo link, use o ‘–add’:

buku --add https://elias.praciano.com

O aplicativo pode atualizar seu banco de dados em relação aos campos dos bookmarks online.
Se a opção ‘–update’ for dada sem acompanhamento algum, todos os títulos do banco de dados são atualizados.

buku --update

O ideal é copiar o endereço da barra do navegador para a linha de comando do Buku.
Caso o endereço contenha caracteres especiais, como ‘;’ ou ‘&’, coloque-o todo entre “aspas duplas” ou ‘aspas simples’.

Criptografia e privacidade

Muitas pessoas, em caso de roubo ou acesso não autorizado, não gostariam de expôr as páginas que guardam nos favoritos.
O Buku guarda as suas informações, usando criptografia AES 256 bit.
Para ativar o dispositivo de segurança, use a opção ‘–lock’ e para destravar, use ‘–unlock’:

buku --lock
Password: 
Password: 

File encrypted

Não esqueça de destravar, quando quiser fazer uso do banco de dados novamente:

buku --unlock
Password: 
File decrypted

how to encrypt buku database

Como realizar buscas dentro do banco de dados do Buku

De acordo com a página do manual do aplicativo, a busca funciona por meios misteriosos… 😉
Use a opção ‘–sall’, para realizar uma busca por todas as páginas que contenham a palavra ‘geek’:

buku --sall geek
1. https://elias.praciano.com [1]
   > Elias Praciano - Os tutoriais do geek

2. https://coisasdogeek.com.br/doc [2]
   > Coisas do Geek | Revista Geek
Results, ranges (x-y,(a)ll) to open: 

A opção ‘–sall’ quer dizer search all, ou “busca tudo”.
Como você pôde ver, no resultado acima, é possível abrir imediatamente (no navegador padrão do seu sistema) as páginas encontradas:

  • se teclar 1, abre https://elias.praciano.com
  • se teclar 2, abre https://coisasdogeek.com.br/doc
  • se teclar a, abre todas as opções listadas, acima
  • … ou tecle Ctrl C, para cancelar

Você pode procurar por mais de uma palavra, também:

buku --sall tutoriais elias

O buku irá mostrar todas as entradas que coincidam com as 2 palavras sugeridas acima:

1. https://elias.praciano.com [1]
   > Elias Praciano - Os tutoriais do geek

Results, ranges (x-y,(a)ll) to open: 

Veja as opções de busca:

  • --sany — abreviatura para search any. Faz a busca por qualquer uma das ocorrências descritas na linha de comando.
  • --sall — faz a busca por itens no banco de dados que contenham todas todas as ocorrências.
  • --deep — procura por coincidências entre substrings, ou seja, se “aprofunda” nas palavras.
    Por exemplo, se você procurar por “suse”, ele poderá retornar conteúdo com “openSuSE”.
  • --sreg — abreviatura para search regular expression. Faz a busca por expressões regulares.
  • --stag — faz as buscas pela tag fornecida na linha de comando

Você pode usar ‘–sall’ ou ‘–sany’ para listar todas entradas, se quiser:

buku --sall ""
1. https://elias.praciano.com [1]
   > Elias Praciano - Os tutoriais do geek

2. https://coisasdogeek.com.br/doc [2]
   > Coisas do Geek | Revista Geek

3. https:www.debian.org [3]

4. https://www.debian.org [4]
   > Debian -- The Universal Operating System

Results, ranges (x-y,(a)ll) to open: ^C
Interrupted.

Como remover um entrada de endereço favorito

Os bookmarks indesejados podem ser removidos com a opção ‘–delete’, acompanhada do número do índice dela no banco de dados.
Veja um exemplo:

buku --delete 3

ou vários índices de uma só vez. No exemplo, abaixo, como remover do 3 ao 6:

buku --delete 3-6
Bookmarks from index 3 to 6 deleted

Referências

Perfil do desenvolvedor no Github: https://github.com/jarun.
Página oficial do Buku no Github: https://github.com/jarun/Buku.
https://itsfoss.com/buku-command-line-bookmark-manager-linux/

Como importar os favoritos do Chromium pro Firefox

Eu estou dando uma chance pro Firefox, que parece rodar melhor dentro das versões mais recentes do Ubuntu e, para isto, vou importar os meus favoritos do Chromium, para usar no novo navegador.
Aqui, vou mostrar um passo a passo para trazer os seus favoritos do Google Chromium ou Chrome para dentro do navegador Firefox.

Como fazer backup dos seus favoritos no Chromium ou Chrome

Leve o ponteiro do mouse para cima da barra de favoritos do seu navegador e clique sobre um dos itens com o botão direito do mouse.
Em seguida selecione a opção Gerenciador de favoritos.
No painel de gestão de favoritos, selecione Organizar e, em seguida, Exportar favoritos para arquivo HTML…. Escolha um nome e grave o arquivo.
Este é o procedimento para fazer backup do Chromium. A seguir, vou mostrar como usar este backup dentro do Firefox.

Como importar o arquivo de favoritos de outro navegador pro Firefox

Clique no menu Favoritos no Firefox e selecione Exibir todos os favoritos.
No painel Biblioteca, clique no meu Importar e backup e selecione Importar dados de outro navegador. Em seguida, selecione o navegador do qual você deseja importar os dados.

importar e backup do chromium pro firefox
Clique para ampliar.

Vai aparecer uma tela referente ao navegador escolhido, na qual você poderá escolher exatamente as informações que deseja importar de lá.
No caso de estar em inglês, a opção Favoritos corresponde a Bookmarks.
Se isto não funcionou, ou não apareceu qualquer navegador como opção para importar dados (como no meu caso), siga pro próximo item, abaixo.

Como importar dados em HTML pro Firefox

Se não deu certo do jeito anterior, a alternativa é usar dentro do Firefox o arquivo de backup que você gerou, lá no começo deste artigo.
Ainda, dentro do menu Importar e backup, selecione Importar favoritos em HTML…. A seguir, localize e selecione o arquivo de backup gerado no Google Chromium.

como importat favoritos do chromium no firefox
Clique para ampliar

Uma vez feita a importação, surge uma nova pasta com os seus novos favoritos. Você pode alterar o nome da pasta ou arrastar os itens novos para reorganizá-los dentro dos menus de favoritos já existentes no Firefox.
Favoritos, Firefox, organizar e renomear os menus
Clique para ampliar

Divirta-se e não se esqueça de compartilhar o artigo nas redes! 😉

Como importar e exportar seus favoritos do navegador Google Chromium

Esta é fácil.
Quando você precisa remover todos os seus arquivos, formatar um HD, reinstalar tudo etc, quando possível, procura fazer backup de tudo antes.
Algumas pessoas, têm uma série de sites interessantes dentro dos seus favoritos que não gostariam de perder à toa.

Faça login

Login do Google Chrome
Login do Google Chrome
Uma das maneiras mais simples de gerenciar os seus favoritos no Google Chromium é, caso você já tenha uma conta no Google, se autenticar através da seção de Login, no canto superior direito da janela do navegador. A vantagem de usar este método é que você vai ter os seus favoritos sempre à mão, onde quer que esteja. Mesmo que você troque dispositivos de acesso, seja no tablet, no celular, no computador (seu ou de outra pessoa), você se autentica na rede do Google e se sente sempre em casa.
Mas eu não escrevi este artigo para quem quer fazer isto :p

Você quer ser um pouco mais independente?

O navegador oferece também a possibilidade de guardar os seus favoritos (bookmarks) localmente, no seu HD (ou no seu pendrive… aonde você quiser, enfim).
Siga os passos:

  • Clique no menu do Chrome menu, no canto superior direito da janela do aplicativo;
  • Selecione Favoritos > Gerenciador de favoritos;
  • Bookmarks - Gerenciador de favoritos do Google Chromium
    Clique para ampliar a imagem – Importar e exportar favoritos.
  • Na tela do gerenciador, selecione o menu Organizar;
  • Se quiser gravar, fazer backup dos seus favoritos – que podem ser usados em outro navegador, inclusive – use a opção exportar;
  • Para recuperar um backup feito anteriormente, use a opção importar.

Outra forma…

Embora não seja necessária – e nem recomendada pelo fabricante – há uma outra solução: copiar os arquivos da pasta de configurações do Google Chromium.
No Ubuntu, o arquivo de favoritos é este:
~/.config/chromium/Default/Bookmarks
Os métodos mais seguros, contudo, continuam a ser os dois primeiros, já explicados. Lidar diretamente com o arquivo Bookmarks, só deve ser feito se você souber, mesmo, o que está fazendo.