Como resolver problemas comuns de conexão ao Wi-Fi no celular ou tablet Android.

Problemas de conexão à rede Wi-Fi em dispositivos Android podem ocorrer e ter diversas causas.
Neste post, vou abordar alguns dos mais comuns e as possíveis soluções — na esperança de te livrar da chateação de ter que recorrer à assistência técnica.
Não vamos abordar procedimentos perigosos para o seu aparelho… ainda assim, se não tiver certeza do que está fazendo, não faça. E, se fizer, faça por sua própria conta e risco.

Verifique se o Wi-Fi está realmente ligado

Sei, por experiência própria, que o Wi-Fi não conecta, muitas vezes, por que simplesmente não foi ligado.
Para verificar se a sua rede Wi-Fi está ligada e funcionando, siga os passos:

  1. Toque a barra de status no canto superior da tela e arraste-a para baixo — revelando o painel de ajustes do Android.
  2. Agora verifique se o Wi-Fi está ligado. Se não estiver, toque no ícone dele e escolha um ponto ao qual você tenha acesso (senha).

Quando o Wi-Fi está ligado, seu ícone deve estar parecido com o da imagem abaixo:
wi-fi conectado android
Se o Wi-Fi não está conectado, mas você consegue ver uma lista de redes disponíveis, então ele está ligado (mas você não está conectado).
Neste caso, escolha uma das redes e forneça a senha dela.

O Android só irá se conectar automaticamente à rede Wi-Fi, se já tiver se conectado a ela antes e a senha de acesso estiver atualizada e guardada no dispositivo.

Verifique a senha de acesso à rede

Mesmo com o rádio de acesso à rede wireless ligado, se você não estiver de posse da senha correta, será impossível se conectar.
Isto pode acontecer se a senha do roteador tiver sido trocada recentemente. Se você não é o administrador do roteador, verifique com a pessoa responsável se houve mudança na senha de acesso.
Um indício de que a senha está errada é a exibição da mensagem “authentication failed” ou “falha na autenticação”.

A rede está fora de alcance

Quando o sinal está muito fraco você terá problemas para conseguir se autenticar e trocar informações entre o seu telefone e o ponto de acesso.
Tente se mudar de local, dentro do ambiente, para encontrar um ponto em que você fique mais próximo do roteador.
É comum uma parede (ou mais) bloquear “eficientemente” o sinal do Wi-Fi. Além disto, toda casa tem seus melhores e piores pontos para conseguir se conectar — tente encontrar o melhor ponto, portanto.
Verifique também se o roteador está ligado e (caso ele seja seu) posicionado em uma área central da residência ou do escritório, para que o sinal possa atingir todos os cômodos e cantos necessários.

Quando o problema não está no seu celular ou tablet

Se o seu aparelho está mostrando que está conectado ao Wi-Fi, mas exibe uma mensagem “sem Internet” ou “no Internet”, o problema é externo a ele.
android wi-fi conectado sem internet
Neste caso, o seu celular ou tablet Android não tem culpa. O problema pode estar no próprio roteador, na conexão para o provedor ou no próprio provedor.
Tente reiniciar o seu roteador.
Se isto não resolver, entre em contato com o seu provedor de Internet, para obter esclarecimentos sobre o problema e suas possíveis soluções.


Problemas de software no seu aparelho Android, que podem estar impedindo de conectar à rede Wi-Fi

Há basicamente 3 procedimentos que você pode realizar para detectar e resolver problemas de software que estejam impedindo-o de se conectar à rede local wireless.
Tente um destes:

  1. Reinicie o aparelho — detesto esta solução por que, ao contrário de “certos sistemas operacionais” o Android foi projetado para funcionar uniformemente, sem a necessidade de ser desligado durante meses.
    Enfim, isto costuma resolver alguns problemas.
    Para reiniciar o aparelho, mantenha o botão Power pressionado por alguns segundos e selecione Reiniciar.
    Uma outra variação desta solução é desligar completamente o aparelho, remover a bateria, recolocá-la depois de alguns segundos e ligar o aparelho novamente.
  2. Certifique-se de que seu software está atualizado — Vá até o painel de Configurações, selecione Sobre o telefone e Atualizações do sistema. Leia mais sobre como passar pelas atualizações do Android, sem traumas.
  3. Atualização ou instalação de softwares de terceiros, podem ser a causa.
    Esta abordagem pode ser um pouco mais complicada. Trata-se de verificar se o problema começou a ocorrer após uma das últimas atualizações de softwares ou depois de ter instalado algum app novo.
    O aplicativo recém instalado ou atualizado pode estar, de alguma forma, impedindo o Android de ligar o rádio do Wi-Fi.
    Se você desconfia que esta possa ser a causa do seu problema, experimente desinstalar o último aplicativo instalado ou atualizado no seu sistema.

O celular não consegue obter endereço IP

Se o seu dispositivo usa uma versão do Android igual ou superior ao 6.0 Marshmallow, é possível retroagir nos métodos de conexão — para que o aparelho passe a usar os do Android 5.1 Lollipop. Para isto, siga o passo-a-passo descrito neste artigo.
Espero que um destes procedimentos tenha ajudado a resolver o seu problema.
Caso contrário, a única solução restante pode ser levar o aparelho à assistência técnica.

Como impedir o celular Android de desconectar da rede Wi-Fi

Ao contrário do que se possa pensar, não é um defeito do aparelho ou do Android se desconectar da rede após um período de inatividade.
Para preservar a carga da bateria, o dispositivo pode se desconectar da rede Wi-Fi, quando “percebe” que não está sendo usado há algum tempo — da mesma forma que desliga a tela, o rádio Bluetooth e outras funções internas.

Problemas de conexão com a rede Wi-Fi também foram abordados no post Como resolver problemas de conexão via Wi-Fi no Android — não deixe de ler!

Se isto está acontecendo com o seu smartphone, mas ele volta a se conectar tão logo você começa a usá-lo, então está tudo normal e dentro do previsto.
Contudo, é possível configurar esta função. Neste texto, vou mostrar como ajustar o Android para não desconectar do Wi-Fi, mesmo que você não o esteja usando.
No meu exemplo, os procedimentos são realizados em um aparelho com o Android 7.0 Nougat, mas os passos valem para as outras versões atuais do sistema operacional com, no máximo, algumas poucas variações.
Acompanhe os passos:

  1. Abra o menu de configurações e toque no item de configuração do Wi-Fi.
  2. Em seguida, toque no botão de configurações avançadas, no topo da tela.
  3. android wifi menu

  4. No menu de configurações avançadas, selecione Manter Wi-Fi ativada no modo ocioso.
  5. Agora, toque em Sempre, para evitar que o aparelho desligue sua conexão.
  6. android wifi menu

Vale lembrar (de novo… ) que este procedimento aumenta o consumo de energia do seu aparelho — principalmente, se você se locomove muito durante o dia, por locais em que não há conexão alguma. Nestes casos, o aparelho irá consumir mais energia para tentar encontrar algum ponto de acesso.

Use o Nuntius para compartilhar as notificações do celular Android com o notebook.

Com o aplicativo Nuntius, é possível compartilhar notificações entre dispositivos Android e o seu PC/laptop via Bluetooth ou rede local.
Neste texto, vou mostrar como instalar no seu laptop/desktop e no smartphone, para permitir a comunicação de mensagens entre eles.

Para isto, use o aplicativo Nuntius para entregar as notificações recebidas no seu aparelho Android (celular, tablet etc) no desktop/notebook através da rede local (LAN) ou Bluetooth.

Para usar toda a funcionalidade do aplicativo, será necessário parear seus dispositivos via Bluetooth.
Será necessário, também, reiniciar sua sessão no GNOME para dar início ao aplicativo.
A solução é semelhante a oferecida pelo KDE Connect — embora não seja tão madura.

Como instalar o Nuntius no Linux

opensuse zypper search nuntius screenshot
Use o comando ‘zypper search’ para encontrar pacotes de software no openSUSE.

No Debian, Ubuntu e derivados, instale o Nuntius a partir dos repositórios oficiais, usando o apt:

apt update
apt install nuntius

No OpenSuSE, instale com o Zypper:

zypper install nuntius

Quem usa o Fedora, instale com o dnf:

dnf install nuntius

Não esqueça que o processo de instalação exige privilégios administrativos. Use o sudo ou o su, onde for necessário, portanto.

Como instalar o Nuntius no Android

O aplicativo está disponível no Google Play Store e no F-Droid:

O nome do aplicativo

O nome Nuntius e o logo do aplicativo fazem referência a uma função (ou um cargo) em Roma. O nuncio corresponde a diplomata eclesiástico. Carregar mensagens importantes entre as altas autoridades da Igreja Católica é uma das suas incumbências.
Entre suas várias funções, o nuncio serve de ligação entre a Igreja e a Santa Sé e supervisiona o episcopado diocesano.
Se tiver interesse, você pode obter informações mais aprofundadas sobre o tema na Wikipedia.

Como configurar o aplicativo no Android

Os desenvolvedores declaram, na documentação, terem testado o Nuntius nas seguintes condições:

  • Bluetooth versão 2.1
  • Android versão 4.3 (API 18)

Certifique-se de ter, pelo menos, estas versões.
O software ainda se encontra em estágio inicial de desenvolvimento. Portanto, se tiver problemas, qualquer informação que puder ser dada na página oficial do app (link no final do texto) será bem vinda.
nuntius options
Para saber as versões do Bluetooth em execução nos seus aparelhos, leia este artigo.

Como configurar no PC

Depois de instalar o aplicativo, recomenda-se reiniciar a sessão do ambiente desktop. Se achar melhor, reinicie todo o sistema.
Depois de reiniciado, o Nuntius será automaticamente carregado. Você pode conferir isto com o comando ps:

ps aux | grep nuntius

justinc+  1182  0.0  0.2 416352 20136 ?        Sl   09:03
   0:00 /usr/bin/nuntius --gapplication-service
justinc+ 23619  0.0  0.0  12784   980 pts/1    S+   17:19
   0:00 grep nuntius

nuntius and gnome

Como resolver problemas no PC

Depois de parear os 2 dispositivos, você ainda pode ter dificuldades de comunicação entre eles.
A documentação oficial recomenda estes passos, na configuração do bluetooth do seu notebook.
No terminal, execute o programa bluetoothctl e rode os comandos:

  • agent on
  • default-agent
  • trust endereco-mac-do-bluetooth-do-celular

Veja o meu exemplo:

bluetoothctl 
.

O celular em que estou trabalhando para este artigo é o “ChibaCity”, abaixo:

[NEW] Controller A4:02:B9:13:96:47 inspiration [default]
[NEW] Device F4:F5:24:B8:EF:0G ChibaCity
[NEW] Device 9C:E6:E7:D6:17:54 Flavinha
[CHG] Device F4:F5:24:B8:EF:0G ServicesResolved: yes
[CHG] Device F4:F5:24:B8:EF:0G Connected: yes

[bluetooth]# agent on
Agent registered

[bluetooth]# default-agent 
Default agent request successful

[bluetooth]# trust F4:F5:24:B8:EF:0G
[CHG] Device F4:F5:24:B8:EF:0G Trusted: yes
Changing F4:F5:24:B8:EF:0G trust succeeded

[bluetooth]# 

Recomendo a leitura dos sites, citados abaixo, na sessão de referências, caso você ainda tenha alguma dúvida ou dificuldade de conexão.
Boa sorte!

Referências

https://github.com/holylobster/nuntius-linux

Como conectar ao MySQL de um script em PHP

A tarefa mais básica de scripts que fazem uso do servidor de bancos de dados é a conexão. Em seguida, vem a seleção do banco de dados, da tabela e as consultas (queries).
php and mysql logos
O exemplo de script PHP, usado neste texto, necessita que você tenha tanto o MySQL quanto o PHP instalados no seu sistema.
Se você não tem certeza de que este é o seu caso, pode usar as dicas no final do artigo Como instalar Linux, MySQL, Apache e PHP, para saber se tudo está ok.
Embora o PHP e o MySQL possam ser executados da linha de comando, este texto vai se voltar para a execução a partir de um servidor web.
Sinta-se à vontade para usar a caixa de busca, no canto superior direito deste site, sempre que quiser alguma informação adicional (neste momento, temos quase 500 tutoriais…) 😉

Como se conectar ao MySQL via PHP

Por ser uma atividade tão trivial, programadores mais ocupados criam bibliotecas de scripts que fazem a conexão — e chamam estes scripts de dentro de seus outros scripts.
É comum programadores experientes terem esquecido como realizar tarefas básicas como esta.
Se você é iniciante, não se esqueça de usar um editor de textos adequado a escrever códigos de programas, para evitar problemas na execução dos seus scripts.
Do lado de cá, vou criar um arquivo chamado conecta.php, dentro do qual vou inserir o código em PHP para fazer uma simples conexão ao banco de dados MySQL e, em seguida, desconectar.

<html>
<head>
<meta http-equiv="Content-Type" content="text/html; charset=utf-8" />
<title>Página de conexão ao banco de dados</title>
</head>
<body>
<!-- O script PHP começa abaixo -->

<?php
    conecta.php - script de conexão ao servidor MySQL
    if (!($con = @mysql_connect ("localhost", "justincase", "minhasenha")))
    {
        die ("Não foi possível conectar ao servidor. <br />");
    }
    print ("Conexão bem sucedida. <br />");
    if (!@mysql_select_db ("tutorial", $con))
    {
        die ("Não foi possível selecionar o banco de dados. <br />");
    }
    mysql_close ($con);
    print ("Conexão terminada. <br />");
?>

<!-- Fim do script PHP -->
</body>
</html>

A partir deste código, é possível construir o que você quiser.
A parte em HTML do código, logo no começo, serve apenas para localizar a página e permitir que as mensagens (em português) sejam exibidas com as palavras devidamente acentuadas — não fazem parte, portanto, do programa em si.

Entenda o código em PHP

  • if (!($con = @mysql_connect ("localhost", "justincase", "minhasenha"))) — esta parte tenta fazer uma conexão com a função mysql_connect(), usando os dados de nome do servidor, nome do usuário “justincase” e a senha “minhasenha”.
  • die ("Não foi possível conectar ao servidor.");
    — se nada der certo, o script será interrompido pela função die(), com a exibição da mensagem entre as aspas.
    Se a conexão se efetivar, o programa prossegue a próxima instrução e armazena as informações da conexão na variável $con.
  • print ("Conexão bem sucedida."); — exibe a mensagem entre aspas.
  • if (!@mysql_select_db ("tutorial", $con))
    — tenta selecionar o banco de dados “tutorial”, com as informações armazenadas na variável $con. Se isto não for possível, executa a instrução que segue:
  • die ("Não foi possível selecionar o banco de dados."); — finaliza o script e devolve a mensagem entre aspas.
  • mysql_close ($con); — se tudo correu bem, até aqui, o script irá fechar a conexão, baseado nas informações contidas em $con.
  • print ("Conexão terminada."); — exibe a frase entre aspas.

Captura de tela do komodo editor - código PHP para conectar ao banco de dados MySQL

Funções PHP para conectar ao MySQL

Neste artigo, usei a função mysql_connect(), para fazer a conexão ao banco de dados. Alternativamente, você pode usar a função mysql_pconnect() — para estabelecer uma conexão persistente.
Pode ser útil caso você queira deixar a conexão aberta para ser reutilizada por outros scripts subsequentes — evitando, assim, alguma sobrecarga ao servidor.
Iniciar conexões persistentes e deixá-las abertas (por esquecimento), pode acarretar, como consequência a negação de abertura de novas conexões por parte do servidor MySQL.
Portanto, seja organizado(a) neste ponto.

Como se conectar ao MySQL via Telnet

O Telnet é um protocolo de redes, com múltiplas aplicabilidades. Permitir conectar a um servidor MySQL é uma delas.
Neste texto, vou mostrar como é fácil (embora não muito útil) executar uma conexão deste tipo.
imagem de conexão mysql via telnet

Como se conectar ao MySQL via telnet

Embora alguns protocolos, tais como o SMTP e o POP sejam baseados no ASCII, conectar-se o servidor MySQL não vai trazer resultados práticos.
Infelizmente, não será possível sequer fornecer alguns comandos ao servidor.
Contudo, o procedimento é útil para determinar se o servidor está no ar.
Experimente o comando abaixo, para verificar por si mesmo:

telnet localhost 3306

Se o servidor MySQL estiver no ar, uma mensagem semelhante a que segue, será exibida:

Trying 127.0.0.1...
Connected to localhost.
Escape character is '^]'.
[
5.5.41-0ubuntu0.14.04.1$a['O6af�~%6"G|_EzZ2)mysql_native_passwordConnection closed by foreign host.

mysql conexão telnet
Clique para ver detalhes.

Use o comando netstat, para ter um idéia de quais portas TCP estão em uso, caso a porta 3306 não funcione para vocẽ:

netstat -tln
Conexões Internet Ativas (somente servidores)
Proto Recv-Q Send-Q Endereço Local          Endereço Remoto         Estado      
tcp        0      0 127.0.0.1:3306          0.0.0.0:*               OUÇA      
tcp        0      0 127.0.1.1:53            0.0.0.0:*               OUÇA      
tcp        0      0 127.0.0.1:631           0.0.0.0:*               OUÇA      
tcp6       0      0 ::1:631                 :::*                    OUÇA