Use o navegador de plugins para descobrir toda a potência do GIMP.

Além da excelente ajuda online ou do manual embarcado na instalação padrão do GIMP, é possível encontrar plugins, extensões e scripts através de um navegador embutido no programa.
Em vez e procurar pelo “labirinto” de menus e painéis de controle do aplicativo, faça uma busca informando a função desejada.
Por exemplo: “lomo” ou “technicolor”.

O navegador pode ser acessado pelo menu Ajuda/Navegador de plug-ins.
No canto superior direito do painel, é possível fornecer palavras-chave que irão ajudar a encontrar o que procura.
navegador plug ins gimp

À esquerda, no painel, você irá encontrar a localização do item, ou seja, em que menu, ele se encontra.
Depois que instalamos uma coletânea de plugins, como a gimp-plugin-registry, são adicionados mais de 40 novas extensões ao programa.
Algumas se desdobram em vários outros add ons — o que acaba tornando difícil memorizar exatamente aonde se encontra cada efeito ou filtro desejado.

O Navegador de procedimentos

O navegador de procedimentos ajuda a obter informações sobre os parâmetros adotados por filtros, scripts e plug ins no GIMP.
gimp navegador
Pode ser usado como ferramenta adicional para obter informações sobre cada plug in, embora seja inútil para descobrir em que menu se encontra cada um deles.

Como alterar as dimensões das janelas dentro do Vim

Ainda há bastante para escrever sobre como usar e manipular o recurso de múltiplas janelas dentro do editor de textos Vim.
O recurso é completo e extenso, mas fácil de aplicar.

Tal como os outros comandos de janelas do Vim, os comandos de redimensionamento começam com a combinação de teclas Ctrl + W ou apenas ^W (para encurtar).

Segue a lista:

  • ^W=     “tenta” equalizar as dimensões das janelas, na horizontal.
    Pode ser influenciado pelos parâmetros winheight e winwidth.
  • ^W-     reduz/diminui a altura da janela atual em uma linha.
  • ^W+     aumenta a altura da janela em uma linha.
  • ^W<     reduz a largura da janela em uma coluna.
  • ^W>     aumenta a largura da janela em uma coluna.
  • ^W|     altera as dimensões horizontais da janela atual para o maior valor possível.

Só pra lembrar, você pode acrescentar um número antes do ^W, para aplicar um valor maior ao comando.
Por exemplo, o comando 5^W- reduz a altura da janela ativa em 5 linhas, de uma vez.

Como redimensionar janelas, com comando na CLI do Vim

Também é possível usar comando CLI dentro do Vim, para controlar os tamanhos das janelas.
Use o seguinte comandos/parâmetros para reajustar as dimensões da janela ativa:


:vertical resize n

No caso, acima, n é o valor em número de colunas para o qual a janela será redimensionada na vertical.

Instale centenas de fontes do Google Fonts no Linux

O repositório de fontes Google Fonts disponibiliza gratuitamente quase 900 fontes, que podem ser usadas no GIMP, no seu editor de textos ou para personalizar todo o seu sistema, do jeito que você quiser.
Para ser exato, na última vez que olhei, havia 850 fontes disponíveis — o pacote tem 380 Mb, aproximadamente.

Se preferir, vá até o site e baixe apenas as que gostar.
Neste post vou mostrar como baixar todas de uma só vez.

O Google Fonts é um dos principais locais de hospedagem de fontes “opensource”, na web.
O repositório contém centenas de famílias de fontes disponíveis para download individual ou em um único pacote.

Já abordei este assunto, anteriormente, em um post voltado para o Ubuntu.
Neste texto, quero falar do assunto de maneira mais genérica, para que possa servir a qualquer distribuição GNU/Linux.
Me acompanhe.
google fonts

Prepare o sistema

O script original de instalação foi desenvolvido por Michalis Georgiou.
O que segue, abaixo, é uma reedição da versão modificada pelo Andrew do Webupd8.
Só alterei 2 coisas:

  1. Traduzi para português e
  2. removi a linha de instalação do wget, para tornar o script mais enxuto e universal. Assim ele pode ser executado em qualquer distro, sem precisar ser editado.

Como consequência, você terá que instalar o wget por conta própria, antes de rodar o script.

No Debian e no Ubuntu, use o apt:


sudo apt install wget

No Fedora, use o dnf:


sudo dnf install wget

O script de instalação

Se tiver interesse em dar uma olhada ou baixar o script original, vá até o site no Github: https://raw.githubusercontent.com/hotice/webupd8/master/install-google-fonts

Segue a minha edição:


# Original author: Michalis Georgiou 
# Modified by Andrew http://www.webupd8.org 
# Traduzido para português por Elias Praciano https://elias.praciano.com

_wgeturl="https://github.com/google/fonts/archive/master.tar.gz"
_gf="google-fonts"

# certifica que não há outro arquivo com o mesmo nome
rm -f $_gf.tar.gz

echo "Conectando ao servidor Github. Aguarde...."
wget $_wgeturl -O $_gf.tar.gz

echo "Extração do arquivo baixado..."
tar -xf $_gf.tar.gz

echo "Criação do diretório /usr/share/fonts/truetype/$_gf folder"
sudo mkdir -p /usr/share/fonts/truetype/$_gf

echo "Instalação das fontes .ttf em /usr/share/fonts/truetype/$_gf"
find $PWD/fonts-master/ -name "*.ttf" -exec sudo install -m644 {} /usr/share/fonts/truetype/google-fonts/ \; || return 1

echo "Atualização do cache de fontes..."
fc-cache -f > /dev/null

# Limpeza. Remove o arquivo .tar.gz. O usuário poderá ainda precisar da pasta
rm -f $_gf.tar.gz

echo "Pronto."

Lembre-se, o script depende do programa wget e vai dar erro, se este não estiver instalado.
Copie o código acima e cole dentro do seu editor de textos favorito.
Em seguida, salve o script e saia do editor.
Eu salvei o meu script com o nome gfinstall.sh
Para torná-lo executável, use o chmod:


chmod +x gfinstall.sh

Agora, rode o seu script:


./gfinstall.sh 

Conectando ao servidor Github. Aguarde....
--2018-03-22 10:57:37--  https://github.com/google/fonts/archive/master.tar.gz
Resolvendo github.com (github.com)... 192.30.253.112, 192.30.253.113
Conectando-se a github.com (github.com)|192.30.253.112|:443... conectado.
A requisição HTTP foi enviada, aguardando resposta... 302 Found
Localização: https://codeload.github.com/google/fonts/tar.gz/master [redirecionando]
--2018-03-22 10:57:38--  https://codeload.github.com/google/fonts/tar.gz/master
Resolvendo codeload.github.com (codeload.github.com)... 192.30.253.120, 192.30.253.121
Conectando-se a codeload.github.com (codeload.github.com)|192.30.253.120|:443... conectado.
A requisição HTTP foi enviada, aguardando resposta... 200 OK
Tamanho: não especificada [application/x-gzip]
Salvando em: “google-fonts.tar.gz”

google-fonts.tar.gz                                 [                                               <=>                                                    ]  33,27M  3,72MB/s               


2018-03-22 10:59:21 (3,76 MB/s) - “google-fonts.tar.gz” salvo [405548495]

Extração do arquivo baixado...
Criação do diretório /usr/share/fonts/truetype/google-fonts folder
[sudo] senha para justincase: 
Instalação das fontas .ttf em /usr/share/fonts/truetype/google-fonts
Atualização do cache de fontes...
Pronto.

Terminado o processo de download e instalação, você já pode se servir das novas fontes no sistema.
Experimente abrir as configurações de tema do GNOME ou o seu aplicativo favorito, para ver as novas possibilidades.
fontes google no GNOME

Como fazer buscas via grep dentro de arquivos texto .doc

Arquivos .doc, do Microsoft Office são arquivos binários, com muito pouco conteúdo em texto e, portanto, imunes à leitura pelo comando grep.
Mas você pode contornar facilmente o problema com o uso de uma ferramenta adicional, o catdoc.

Geralmente, o utilitário não costuma vir instalado, por padrão.
Mas ele está disponível nos repositórios oficiais da maioria das distribuições GNU/Linux. É só ir lá e pegar…

No Debian ou no Ubuntu, faça a instalação via apt:


sudo apt install catdoc

O catdoc tem limitações.
A partir do programa, é possível realizar um cat “normal” em cima de qualquer arquivo .doc comum.
Já o conteúdo de arquivos criptografados ou do tipo .docx infelizmente não pode ser visto ou pesquisado pelo aplicativo.
catdoc grep

O utilitário, combinado com o comando grep, dará o resultado desejado.
Segue um exemplo:


catdoc Documentos/Guia\ do\ ubuntu.doc | grep -i ubuntu

Leia mais sobre o comando grep.

Livrarias online britânicas alternativas à Amazon

Então, prefere evitar a Amazon ou apenas gostaria de conhecer lugares diferentes para comprar seus livros?
Se você também não tem problema em ver opções e alternativas em língua inglesa, este post é para você.

Eu também compro livros na Amazon e tenho um lindo Kindle para tornar meus momentos de leitura ainda mais agradáveis.
Mas também gosto de comprar de outros lugares, tanto os itens físicos, quanto os digitais (ebooks).

Se você tiver pressa para receber seus livros, recomendo procurar sites de livrarias nacionais (que costumam ter livros importados no estoque).
Livros (de papel), comprados no exterior, podem demorar meses para chegar às suas mãos.
São direcionados à Alfândega, assim que tocam o solo brasileiro (antes de chegar aos Correios, portanto), onde os pacotes sorteados para inspeção passam por um processo de busca e análise.

Livros físicos (de papel) são isentos de impostos, de acordo com o artigo 150, inciso VI, letra “d”, da Constituição Federal.
Mesmo assim, tem que passar pela inspeção…

Os ebooks (livros digitais) podem ser uma opção mais interessante a ser considerada.
Você paga e recebe na mesma hora.
Vale ressaltar que este item (até aonde sei) não é isento de impostos e nem todos os sites vendem ebooks para o Brasil.

Cuidados ao comprar livros no exterior

Não vejo problemas na idoneidade das lojas, em questão.
Os cuidados que você tem que ter são bem óbvios, mas podem escapar no “calor da emoção” de ver o livro que você tanto quer:

  1. Ficar atento às moedas e fazer a conversão, ainda que aproximada, para Real. Nem todas as lojas fazem isto automaticamente.
    Um valor que “parece baixo” em Real ou Dólar, pode ser bem mais alto, quando expresso em Libras Esterlinas.
  2. Se for comprar livros físicos, verifique se a loja faz entregas internacionais (international ou worldwide delivery), novamente, fique atento(a) ao valor do frete.
    Este tipo de informação costuma estar em uma FAQ ou página em separado. Você pode encontrar o link, em geral (não é uma regra), no rodapé da página, sob o nome shipping ou delivery.

Leia também o meu post sobre livrarias online nos Estados Unidos.

As grandes livrarias online no Reino Unido

Independente da distância geográfica, contudo, já sabemos quem é, eventualmente, responsável pela demora na entrega…
E, se você optar por obter uma cópia digital, este fator se torna totalmente insignificante.

Nem todo mundo simpatiza (alguns, com razão) com a empresa do Jeff Bezos. Para estas pessoas, vamos analisar algumas alternativas.
online uk bookstores

Talvez por causa disto, o jornal britânico, Independent, fez sua relação de livrarias online:

  • Hive.co.uk — Trata-se de uma rede de mais de 360 livrarias e você pode, se quiser, escolher uma delas, para fazer a compra.
    Infelizmente, na última vez em que olhei, eles não estavam vendendo ebooks para fora o Reino Unido.
  • Wordery.com — Esta livraria faz competição séria com a Amazon e chega ter opções de frete grátis internacional.
  • Bookbutler.co.uk — Rede de 51 livrarias (incluindo a Amazon), localizadas em vários países europeus.
  • Bookdepository.com — opção de livraria tão boa quanto as outras e aceita pagamento via PayPal.
    Infelizmente, o envio para o “Brazil” está suspenso temporariamente. De acordo com o site “isto é devido a questões aduaneiras no país, que estão fora do nosso controle e estão afetando muito os serviços postais”.
    Acho que era isso que eu dizia, lá no começo… Enfim, esta foi a única referência ao problema, que eu encontrei.
  • Blackwells.co.uk — Este site detecta de onde você está conectando e, no meu caso, avisa que faz entregas no Brasil.
    blackwells site

    Originalmente, era apenas uma livraria acadêmica, com títulos de não-ficção.
    Atualmente, o acervo está bem mais variado, contudo.
    Se tiver tempo disponível, sugiro dar uma olhada na seção de livros raros (rare books) da loja.
    Nas buscas que fiz no site, percebi que ele é bem forte na área de conhecimento.
    Pode ser um bom lugar para encontrar os livros que você precisa para a sua faculdade ou carreira.

  • Waterstones.comTheWorks.co.ukFoyles.co.uk — Dentre várias livrarias ou redes menores se destacam estas 3.
    A Foyles entrega em até 3 dias, para Portugal.
    Tirando o Waterstones, até o momento deste post, os sites aceitam PayPal.

online uk bookstores

Livrarias em outros países de língua inglesa

Uma das boas possibilidades de acessar livrarias situadas, fisicamente, em outros países é comprar livros ou mídias exclusivas (de certa forma) daquele lugar.
Na Bookworm, por exemplo, é oferecido um livro de fotografias dos parques nacionais da Austrália — algo que pode ser difícil (ou não) de encontrar em outros locais.
Literatura produzida por autores regionais é certeza de que se vai encontrar, contudo.
A livraria Bookworm (Austrália) — Oferece a possibilidade de pagamento via PayPal e entrega para o Brasil.
Esta foi a 4a livraria, cujo site eu visitei. As outras 3 apenas faziam entregas dentro do território australiano e na Nova Zelândia — o que talvez já seja complicado o suficiente para eles.