atom rss feed newsboat

Leia feeds RSS com o newsboat

O newsboat é um aplicativo CLI voltada para as plataformas Apple MacOS e GNU/Linux —…e FreeBSD também, claro.
Sua principal proposta é monitorar feeds RSS de sites, à sua escolha, para detectar novidades.

A simplicidade de configuração e a rapidez com que ele pesquisa sua lista de sites, são 2 de seus pontos fortes.
É possível monitorar, ainda, canais específicos do YouTube, de forma que você nunca perca quando houver conteúdo novo à sua disposição.

É possível acompanhar apenas alguns tipos de posts, dos seus sites favoritos

Sites em WordPress podem ter vários feeds RSS disponibilizados por “categorias”.
Segue um exemplo da relação de feeds, por categoria, neste site:

  1. https://elias.praciano.com/category/fotografia/feed/
  2. https://elias.praciano.com/category/linux/feed/
  3. https://elias.praciano.com/category/android/feed/

Assinar a newsletter (notificações por email) é a maneira mais simples de acompanhar seus posts.
Contudo, alguns autores postam sobre diferentes assuntos (categorias) em seus sites/blogs.
Se você se interessa apenas pelo conteúdo postado dentro de uma certa categoria, pode achar melhor assinar apenas o feed referente a ela.

Leitores de feeds permitem filtrar o que você deseja acompanhar em um determinado site ou blog.

Como instalar o Newsboat

Cada plataforma tem seus meios de aquisição e instalação de softwares.
A minha é Debian GNU/Linux 10Buster” (ainda em testing).
Usualmente, no Linux, aplicativos GUI são instalados através da interface da loja da sua distro.

Se a sua plataforma tiver suporte a snap, use-o para fazer a instalação direta do Newsboat:


sudo snap install newsboat

Embora o snap seja um método universalizado para instalação, também é possível usar o gerenciador de pacotes específico da sua distro. No Debian/Ubuntu, por exemplo:


sudo apt install newsboat

Como configurar o newsboat

A primeira coisa a fazer é dar ao programa a lista de sites (URLs de feeds RSS ou Atom), de onde ele pode fazer sua pesquisa.
Use o seu editor de textos favorito para criar e editar um arquivo de feeds.
No meu caso, criei um arquivo chamado meus-sites.rss.
A escolha do nome é totalmente livre e você pode usar o que quiser.
Dentro do arquivo, enumere as URLs dos feeds que você deseja acompanhar. Um por linha:

http://nerdices.com.br/42/feed/
https://elias.praciano.com/category/linux/feed/

Como adicionar feeds RSS dos meus canais favoritos do YouTube?

Você vai encontrar todos os feeds RSS de todos os canais que assina, na página https://www.youtube.com/subscription_manager. Ao chegar lá, role até encontrar o botão “Exportar inscrições”.
Clique nele e faça download de um arquivo XML (‘subscription_manager’, é o nome dele) com as informações sobre os RSS.

Encontre os feeds dos canais que te interessam, e copie e cole os URLs RSS que desejar, dentro do arquivo que você já criou. O meu é ‘meus-sites.rss’, como já disse, anteriormente.
Por exemplo, os feeds dos canais Linux Gamer e NASA (agência espacial), são os seguintes:

https://www.youtube.com/feeds/videos.xml?channel_id=UCw95T_TgbGHhTml4xZ9yIqg

https://www.youtube.com/feeds/videos.xml?channel_id=UCMtSLcfXhj_GIcs_YDpIyUQ

Não será difícil encontrar, dentro do arquivo ‘subscription_manager’ as URLs com a palavra “feed” dentro, tal como nos exemplos acima.

Como usar o Newsboat

Rode o newsboat de um terminal, indicando o nome do arquivo que você criou, contendo todas as URLs de feeds RSS que deseja acompanhar. No meu caso, ficou assim:


newsboat -u meus-sites.rss

newsboat rss
A qualquer momento, você pode sair do newsboat, pressionando a tecla ‘q’ ou “Q’.

No rodapé da tela do programa, há instruções básicas de uso.
Sugiro pressionar ‘?’, para ir para tela de ajuda (já traduzida para portuguẽs), aonde é possível obter mais opções de uso do aplicativo.
ajuda newsboat

Referẽncias

Leia mais sobre leitores RSS.
Site oficial do Newsboat: https://newsboat.org.

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia. Fã de séries, como "Rick and Morty" e "BoJack Horseman". Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *