Use o TheSSS, como solução simples para ter um servidor econômico, flexível e eficiente.

O TheSSS funciona como uma distribuição GNU/Linux, com o propósito de ser um servidor web, com uma série recursos voltados para este tipo de aplicação.
O nome TheSSS, em si, já diz a que ele veio. “The Smallest Server Suite” corresponde a menor suíte de servidor, em uma tradução livre.

De fato, a imagem ISO tem apenas 76 Mb e dá para colocar a distro no ar em menos de 1 minuto (depende do seu hardware claro…)
Como era de se esperar, a distro vem despida de ambiente gráfico (mas nada impede que se instale isso depois) e apenas com as ferramentas e utilitários necessários para fazer o serviço.
Depois de gravar a imagem em um pendrive ou em um CD/DVD ele é leve e rápido para carregar.

thesss boot menu
Thesss GNU/Linux boot menu.

De acordo com a documentação oficial, o TheSSS é projetado para administradores de sistemas que precisam de um conjunto de ferramentas de software de servidor extremamente rápido e fácil de ter à mão — com suporte a DNS, FTP, HTTP, HTTPS, MySQL, SFTP, SMTP, SSH, e Telnet.
Thesss GNU/Linux login screen
Tela inicial de login.

Os desenvolvedores incluíram também um servidor proxy (Polipo com o Tor).
Os principais componentes de segurança incluídos são firewall 4MLinux (baseado no iptables) e o Clam Antivirus.

A versão que testei é a TheSSS 23.0, baseada no 4MLinux Server 23.0 — uma distro minimalista polonesa, com status ativo e atualizada.

A distro também conta com um kernel (de suporte prolongado) na versão 4.9.33 LTS, servidor web Apache 2.4.27, servidor de banco de dados MariaDB 10.2.7 e PHP 7.0.21.
A lista segue com o Postfix 3.2.2 SMTP server e OpenSSH 7.5p1 para realizar as conexões SSH.

Os primeiros passos dentro da distro

Você pode usar o comando help ou helpme para poder obter uma ajuda inicial.
São sugeridos 3 comandos como os mais importantes, aqui:

  • server — para iniciar um servidor à sua escolha
  • netconfig — para realizar a configuração da rede
  • install2hd — para iniciar a instalação da distro em seu hd

Ferramentas de backup

A distro dispõe de ferramentas (scripts) para realizar cópias de segurança de seus dados: backup, fsbackup e image.
thesss backup tools

Ferramentas de monitoramento e antivirus

O script nmonitor vai apresentar um menu com acesso a 10 opções de ferramentas de monitoramento do Linux.
nmon monitoring tool
Estão presentes vários aplicativos e scripts, como:

  • nmon — informações gerais sobre o sistema
  • saidar — estatísticas sobre o sistema
  • htop — relação dos principais processos em execução
  • ncdu — estatísticas de uso do disco
  • netwatch — atividade da rede
  • iptraf — estatísticas de tráfego na rede
  • wavemon — interface de rede sem fio
  • iftop — uso da banda de rede

O antivirus ClamAV pode ser iniciado com o comando antivir.
Neste caso, vai ser necessário aguardar enquanto uma cópia atualizada é baixada.

linux clamav antivirus
Instalação do antivírus para Linux ClamAV, com a atualização das bibliotecas de vírus.

linux clamav antivirus
ClamAV varrendo o sistema.
linux clamav antivirus
Relatório final do ClamAV.

Com esta ferramenta, é possível varrer um sistema Windows (e Linux também), encontrar e remover com eficiência eventuais infecções.
Não tenho uma máquina Windows e, portanto, não como o ClamAV está funcionando para esta plataforma.

Servidores

É possível iniciar todos os servidores com apenas um comando:


serverd start

Ou parar todos:


serverd stop

Mas este tipo de ação foge do propósito da distro, que é ser leve e executar apenas o necessário.
Rode o comando server, para ver a relação de possbilidades:


server

Para iniciar o servidor web Apache (como exmeplo), rode o comando:


httpd start

Com o Apache no ar, é possível acessar uma página interna da distro, com documentação e acesso às configurações do servidor web:


links http://localhost/admin

Referências

Site de download: http://thesss.4mlinux.com/download/.
Sourceforge: https://sourceforge.net/projects/thesss/.
Recomendo a compra no OSDisc, para ajudar projetos de software livre: https://www.osdisc.com/products/4mlinux.

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia.
Fã de séries, como “Rick and Morty” e “BoJack Horseman”.
Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *