tux and ibm3278 terminal

Use o Googler, para pesquisar no Google a partir do seu terminal Linux

Uma das coisas que mais faço é pesquisar no Google e no DuckDuckGo.
O primeiro, uso para a maioria das pesquisas triviais do dia a dia e o segundo para aquelas que pedem resultados mais aprofundados e específicos — existem lugares que o Google simplesmente não toca.
apt search googler

A ferramenta de pesquisa de CLI, googler, permite buscar informações no Google e exibí-las direto no seu terminal — com uma infinidade de personalizações possíveis.

Você pode achar este texto um pouco longo.
O fato é que pretendo mostrar o funcionamento do programa através de exemplos práticos. Portanto, se achar melhor, pule direto para a parte que te interessa e guarde a página nos seus favoritos, para futuras consultas.
O aplicativo foi desenvolvido para encontrar termos de pesquisa no Google Search, no Google Site Search e no Google News.
O desenvolvedor enumera os seguintes recursos do programa:

  • Rapidez na execução e visual limpo — sem propagandas e usando as cores padrão do seu terminal
  • Possibilidade de abrir imediatamente o navegador com os resultados que você quer
  • Possibilidade de navegar pelos resultados, usando o omniprompt
  • Desabilita o sistema de correção ortográfica automática e faz a busca exatamente pela string que você pediu
  • Permite delimitar a operação pela duração, pelo país/domínio específico e pelas preferências de idioma
  • Tem suporte às keywords (palavras-chave) do Google, tais como ‘filetype:pdf’, ‘site:elias.praciano.com’ etc.
  • Opcionalmente, abre o primeiro resultado direto no navegador — tal como o “estou com sorte” ou I’m feeling lucky
  • Faz buscas “sem parar”, ou seja dispara novas operações a partir do omniprompt, sem sair do aplicativo
  • Tem suporte a proxy
  • Tem suporte ao recurso de autocompletar da shell (Bash, Zsh e Fish)
  • O pacote tem pouquíssimas dependências e é pequeno

googler google results

Instalação do googler

O aplicativo tem pacotes de instalação disponíveis nos repositórios das principais distribuições.
No Ubuntu 16.04 LTS, pode ser instalado com o apt:

sudo apt update
sudo apt install googler

Em outras distribuições, instale como pacote Git. Veja o procedimento, a seguir.
Se não tiver o Git instalado, instale-o:

sudo apt install git

Continue, com a instalação do googler:

cd /tmp
git clone https://github.com/jarun/googler.git
cd googler
sudo make installcd auto-completion/bash/
cd auto-completion/bash/
sudo cp googler-completion.bash /etc/bash_completion.d/

No Ubuntu 16.04 LTS, ou superior, é possível instalar o aplicativo de uma PPA. Veja o passo a passo:

sudo add-apt-repository ppa:twodopeshaggy/jarun
sudo apt update
sudo apt install googler 

Como usar o googler

googler cli interface
A interface padrão, neste caso, irá pedir que você forneça as palavras chave da busca.
Em seguida, basta teclar Enter e aguardar o resultado.
Se quiser, também pode indicar os termos da busca, direto na linha de comando:

googler debian 9 stretch

Do lado esquerdo do título de cada item encontrado, há um número (índice).
Para abrir o navegador na página específica daquele índice, basta indicar o número dele para o googler e teclar Enter — ou clique direto nos links da busca.


Para sair da busca, a qualquer momento, tecle ‘q’, ‘Ctrl D’ ou ‘Ctrl C’.

Opções avançadas de pesquisa no Google

Se você prefere fazer buscas com características específicas no Google, pode usar alguns parâmetros extra, na linha de comando — conforme os exemplos que seguem.
Para delimitar ou estender a quantidade de resultados, use ‘–count’:

googler --count 5 debian

Para obter os resultados a partir de um determinado ponto, use ‘–start’. No exemplo, abaixo, pedimos para exibir 3 resultados a partir do 55o item da busca:

googler --count 3 --start 55 debian
1 RabbitMQ - Installing on Debian / Ubuntu
https://www.rabbitmq.com/install-debian.html
rabbitmq-server is included in standard Debian and Ubuntu repositories. However,
the versions included are often quite old. You will probably get better
results ...

2 Debian | Informática | TechTudo
http://www.techtudo.com.br/tudo-sobre/debian.html
24 de jun de 2015 - Debian é uma distribuição que utiliza o Kernel Linux ou Hurd
em conjunto com outros aplicativos para oferecer um sistema operacional...

3 Debian - expand
https://social.msantana.eng.br/search?tag=Debian
No próximo dia 02 de julho começa a 17ª edição da conferência anual da
comunidade #Debian, #Debconf16, na Cidade do Cabo, África do Sul.

Como você pode ver, pesquisas mais aprofundadas no Google, se tornaram mais fáceis, com o uso deste pequeno programa.
Para fazer uma pesquisa semelhante, dentro de um site específico, use o seguinte exemplo:

googler --count 3 --start 5 debian site:elias.praciano.com
1 debian – Resultados da pesquisa – Elias Praciano
https://elias.praciano.com/?s=debian
Conheça estas duas opções de Linux educacional, baseadas no Debian: Skolelinux
Wheezy e Skolelinux Jessie. O Debian Edu (como também é conhecido) é ...

2 Debian – Elias Praciano
https://elias.praciano.com/category/linux/debian/
Conheça algumas armadilhas que você deve evitar, para não quebrar seu sistema
Debian e manter a solidez, pela qual ele é conhecido. Continue Reading →.

3 Como instalar codecs no Debian – Elias Praciano
Como instalar codecs no Debian
22 de set de 2016 - Resumindo, ao instalar um programa de reprodução de arquivos multimídia, a partir dos repositórios do Debian, diversos codecs serão ...

Você pode fazer a mesma coisa com a opção ‘–site’:

googler ubuntu --site=elias.praciano.com

Para obter os resultados da seção de notícias do buscador Google (News section):

googler --news debian 9 stretch 

Sinta-se à vontade para alterar e (re)combinar os parâmetros e opções dos exemplos dados aqui.
Use a opção ‘–lang’ para restringir as buscas aos sites de língua portuguesa:

googler --count 2 --lang=pt debian 10 codinome

Para restringir as buscas a uma região ou país, baseado no TLD, use a opção ‘–tld’:

googler --count 2 --tld=br debian 11 codinome

Você vai encontrar uma lista completa de TLDs aqui.
Para desabilitar a correção automática do Google, use ‘–exact’:

googler --exact eu amo linux

Como alterar as cores de exibição do resultado

Por padrão, o googler exibe os resultados coloridos no terminal.
Você pode desabilitar este modo de exibição com ‘–nocolor’

googler --nocolor ubuntu

Você também pode alterar as cores da saída do comando, para combinar melhor com o fundo do seu emulador de terminal.
A opção ‘–colors’ é acompanhada de 6 caracteres que irão definir, respectivamente, as cores dos seguintes itens:

  1. índices — o número que precede o título de cada resultado
  2. títulos
  3. URLs
  4. metadata/informações de publicação — somente para o Google News
  5. resumo do conteúdo do site
  6. o prompt, exibido ao final da listagem

Segue a relação de cores e estilos possíveis:
tabela cores bsd lscolors
De acordo com a tabela, defini as cores abaixo para: preto negrito (índice), padrão negrito (título), verde negrito (URL), padrão sem efeito (meta), azul negrito (resumo) e magenta claro negrito (prompt):

googler --count 3 --colors AXCxEN "servidor lamp" site=elias.praciano.com

busca google
Faça as suas próprias experiências.

Opções avançadas do googler

Para usar o aplicativo dentro de um script ou reusar o resultado em outro local, não faz sentido ter o prompt ao final.
Você pode suprimi-lo, com a opção ‘–noprompt’.
Se você usar as opções ‘–first’ ou ‘–lucky’, irá ver apenas o primeiro resultado, equivalente ao “Feeling Lucky?”. Estas opções implicam automaticamente na ‘–noprompt’.
Além disto, elas abrem automaticamente o seu navegador na primeira página do resultado obtido.

googler --lucky linux

Para atravessar um proxy, use a opção ‘–proxy=’
Para conseguir mais velocidade na consulta, use a opção ‘–noua’:

googler --noua --lucky linux

noua é abreviatura para no user agent. A opção remove informações sobre o navegador.
Como consequência, os resultados de alguns sites podem ficar de fora da sua listagem. Por exemplo: YouTube, Google Books etc.
Problemas de conexão, podem ser contornados com a opção ‘–notweak’, que desabilita as otimizações TCP, o protocolo NTLS etc.
Você pode obter os resultados no formato JSON, com a opção –json:

googler --json --count=1 linux
[
  {
    "abstract": "Tux - mascote do Linux Linux é o núcleo do sistema operacional, programa responsável pelo funcionamento do computador, que faz a comunicação entre ...",
    "title": "O que é Linux - Viva o Linux",
    "url": "https://www.vivaolinux.com.br/linux/"
  }
]

Opções da linha de comando

Enquanto você estiver fazendo sua busca, na tela de resultados, é possível dar alguns comandos para o googler.
Veja as teclas de comando do omniprompt:

  • n e pnext e previous, são as teclas de ‘avançar’ e ‘voltar’ na pesquisa
  • index — se refere ao número à esquerda de cada título. Digite-o, seguido de Enter, para abrir o navegador naquela página
  • f — esteja onde estiver, esta tecla te leva de volta à primeira página da pesquisa
  • o — abre o Google, com a pesquisa atual, no seu navegador padrão
  • g — permite iniciar uma nova pesquisa, sem sair do googler
  • * — acompanhado de uma outra string inicia nova busca, com as opções já definidas
  • Ctrl C, Ctrl D, q ou Enter (2X) — termina o aplicativo

Referências

Site oficial no gitHub: https://github.com/jarun/googler.

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia.
Fã de séries, como “Rick and Morty” e “BoJack Horseman”.
Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *