gnome linux tux

O que fazer depois de instalar o GNOME

O GNOME tem características minimalistas, se comparado a outros ambientes desktop, como o KDE.
Mesmo assim, ele é completo e pleno de recursos.
Alguns componentes do seu hardware, contudo, podem não estar funcionando tão bem quanto deveriam (ou do jeito que você quer), logo após a instalação.

Este artigo é voltado a quem está chegando agora no GNOME e deseja conhecer melhor o ambiente, enquanto descobre aonde pode fazer os ajustes iniciais.
GnomeLogoHorizontal-bw
Como leitura adicional, caso você esteja usando o GNOME no Ubuntu ou Debian, sugiro O que fazer depois de instalar o Debian.

O que é o GNOME

Resumidamente, o GNOME é um desktop environment ou ambiente de área de trabalho, que inclui um window manager (gestor de janelas) e um conjunto completo de softwares para produtividade.

A versão 1.0 foi lançada em Março de 1999, em contraposição ao, já existente, KDE — que usava uma biblioteca gráfica proprietária.
A última etapa dos anos 90 foi marcada por uma rivalidade entre os usuários (e até mesmo os desenvolvedores) do KDE e do GNOME.

Hoje, o KDE é tão livre quanto o GNOME e os desenvolvedores de ambos os projetos compartilham experiências e código.

Do lado dos usuários, não há problema em ter os 2 ambientes gráficos instalados no computador.
Existe a recomendação de instalar apenas um, por uma questão de economia de espaço, basicamente.

Alguns dos ajustes iniciais, sugeridos aqui para o GNOME, também podem (e talvez devam) ser feitos no KDE.
Se você já tem alguma experiência com o GNOME, sinta-se à vontade para deixar as suas sugestões para outros leitores, na sessão de comentários. 😉

Só para situar, estou usando o GNOME 3.21 em uma instalação Debian 9 “Stretch” testing (na presente data).
Para saber a versão do GNOME que você está usando, aí, digite o seguinte comando no terminal:

gnome-shell --version

GNOME Shell 3.21.91

Ajustes do touchpad, no notebook

O atual padrão dos touchpads suprime a necessidade de 2 ou 3 botões físicos, como no mouse. Em vez disso, usa-se gestos — toque de um, dois ou mais dedos. Cada gesto, produz um efeito diferente.

Em alguns notebooks, touchpads com suporte a gestos não são reconhecidos imediatamente.
Isto pode ser facilmente resolvido, usando a mesma solução do Ubuntu.

Um procedimento semelhante, é realizado no Debian 8.
Nas instalações do Debian 9, o GNOME está jogando este ajuste para o painel Ferramenta de Ajuste.
gnome dash ferramenta de ajustes

Na seção à esquerda do painel, selecione Teclado e Mouse.
Em seguida, selecione o Método de clique adequado para o seu hardware.
O método default (padrão) é fingers:

  • o toque de um dedo sobre o touchpad equivale a um clique no botão principal do mouse (usualmente, o esquerdo)
  • o toque de dois dedos sobre o touchpad equivale a um clique no botão secundário do mouse (usualmente, o direito)
  • o toque de três dedos sobre o touchpad equivale a um clique no botão do meio do mouse

Como ajustar o touchpad no GNOME

Como alterar a imagem do meu avatar

Abra o dash do GNOME e digite “configurações de usuários” ou apenas “usuários”.
Selecione a opção condizente ao que você quer (veja a figura abaixo), para abrir o painel de configuração de usuários do GNOME.
Como encontrar as configurações de usuários no GNOME

O painel permite alterar o nome de exibição do seu usuário — mas não o username.
Você também pode alterar o seu avatar, adicionando uma figura padrão da galeria, escolhendo uma imagem do HD ou tirando uma foto — comece por clicar sobre a atual imagem padrão do seu avatar, dentro do painel.
Se outras pessoas forem usar o computador, você pode criar novos usuários para elas — depois de desbloquear o painel, no botão de cima.
gnome configurar adicionar remover usuários

Libere a instalação de novos plugins pelo navegador

Tal como o KDE, o GNOME também permite incrementar o ambiente através da instalação de extensões, plugins, widgets etc.
Você pode fazer isto através do seu navegador.

Acesse o endereço https://extensions.gnome.org (vai abrir em nova aba).
Por questão de segurança, o navegador (Firefox, no meu exemplo) irá pedir sua permissão para instalar extensões daquele site em seu sistema.

Resumindo, é necessário acessar o site extensions, do link acima, e clicar no botão Permitir, conforme a figura abaixo:
firefox gnome shell integration extensions
Depois disto, já será possível navegar pelas extensões do GNOME (já instaladas ou instaláveis), através desta página.

Como adicionar os botões de minimizar e maximizar

Você pode minimizar, maximizar e restaurar as janelas facilmente, na maioria dos gerenciadores de janelas, ao clicar com o botão direito do mouse/touchpad sobre a barra de título.

atalhos de teclado para isto também.
Se preferir usar os botões tradicionais, é possível adicioná-los após selecionar a aba Janelas, dentro do painel de ajustes.
Vá até a sessão Opções da barra de título e ative os botões que achar necessário.
como ativar botões minimizar e maximizar no GNOME

Desative os efeitos especiais

Por último, no painel das ferramentas de ajustes, selecione a aba Aparência.
Se você acredita que as animações reduzem o desempenho do seu computador, é neste painel que elas podem ser desligadas.
gnome 3 ajuste de animações
Note que, um pouco mais acima do item Habilitar animações, é possível alterar os ícones e outros detalhes visuais do ambiente.
As capturas de tela, deste post, mostram que estou usando o tema HighContrast (alto contraste) no meu laptop.

Conclusão

Leia também o post (mais atual) sobre os meus 4 ajustes prioritários, feitos logo após a instalação do GNOME.
Há uma série de outros itens que podem ser ajustados, daqui pra frente.
Mas, tirando os papéis de parede (da área de trabalho e da tela de bloqueio), não costumo alterar muita coisa além do que já foi descrito. Gosto da proposta (quase) minimalista do ambiente e costumo deixá-lo assim.
Sugiro continuar a ler outros artigos sobre o GNOME, caso você queira seguir customizando o sistema de acordo com suas preferências pessoais.

Referências

https://help.gnome.org/users/gnome-help/stable/mouse-touchpad-click.html.en.
http://docstore.mik.ua/orelly/linux/run/appb_02.htm – A brief history of gnome.
https://elias.praciano.com/2016/05/o-que-fazer-depois-de-instalar-o-debian/.

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia. Fã de séries, como "Rick and Morty" e "BoJack Horseman". Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

2 comentários em “O que fazer depois de instalar o GNOME”

  1. Olá, boa tarde.
    Consegue usar a extensão user themes com o shell 3.21? Há alguma forma de instalar o shell 3.18?

    1. Até este momento, não experimentei esta extensão.
      Estou usando o GNOME Shell 3.21.91 (esta é a versão exata) sobre o Debian 9.
      Na presente data, esta versão do Debian é testing. Portanto, não espero que tudo esteja funcionando “redondinho” por aqui.
      Qualquer que seja a sua distro, recomendo usar a versão do GNOME que foi testada e disponibilizada para ela, nos repositórios oficiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.