Instale a versão mais atual do navegador Opera

O Opera é, hoje, um navegador tradicional e que traz uma história repleta de novos conceitos introduzidos nesta categoria de softwares.
Nunca foi o aplicativo de acesso a Internet mais usado, porém, sempre teve, e mantém, uma comunidade de usuários fiel e bastante entusiasmada.
Vale a pena experimentá-lo e se dar a chance de saber quais os motivos deste entusiasmo.
opera speed dial screen
Neste texto, vou mostrar o processo de instalação no sistema operacional GNU/Linux Debian 9.0 “Stretch” Testing.
O procedimento é válido para o Ubuntu e outras versões do Debian.

Como instalar o Opera

Vá até o site principal do Opera: https://www.opera.com e faça o download do pacote de instalação.
Existe, para usuários Red Hat, Fedora e openSUSE um pacote RPM para instalação também.
Depois de baixado o pacote, use o dpkg para fazer a instalação.

sudo dpkg -i Downloads/opera-stable_40.0.2308.62_amd64.deb

— Nota: No meu caso, precisei instalar estes 2 pacotes antes do comando acima:

sudo apt install apt-transport-https libcurl3

Se você usa o Fedora/openSUSE, use o rpm:

rpm -ivh Downloads/opera-stable_40.0.2308.62_amd64.rpm

Está pronto para ser usado — inclusive com o corretor ortográfico em português.

As extensões do navegador Opera

Se você está prestes a conhecer o Opera agora, sugiro dar uma olhada nas extensões do navegador.
Para isso, clique no ícone do Menu, no canto superior esquerdo e selecione Extensões, Obter extensões.
extensões do opera
Usuários do Ubuntu, com a interface gráfica GNOME, podem instalar o suporte às extensões do Gnome-shell, via PPA:

sudo add-apt-repository ppa:ne0sight/chrome-gnome-shell
sudo apt-get update
sudo apt-get install chrome-gnome-shell

Depois disto, instale o suporte no site do Opera, aqui: https://addons.opera.com/pt-br/extensions/details/gnome-shell-integration/?display=en

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia. Fã de séries, como "Rick and Morty" e "BoJack Horseman". Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *