freebsd logo head beastie

Verifique se há atualizações no FreeBSD com o portmaster

Se você prefere compilar seus softwares a partir do código fonte, usando o sistema de ports, no FreeBSD, uma alternativa atraente é usar o comando portmaster.
Este comando é usado nas tarefas de gestão de software no FreeBSD — para verificar/aplicar atualizações, instalar/remover ports e todas as suas dependências.
Leia mais sobre gestão de pacotes no FreeBSD, com o Portsnap.
Neste post, estou usando exemplos baseados no FreeBSD 10.3 STABLE.
freebsd flat logo bumper badge
Para obter o utilitário portmaster, faça a sua instalação via ports system, se ainda não vez.

Como instalar o portmaster no FreeBSD

Se ainda não tiver o portmaster instalado no sistema, use um destes 2 métodos de instalação.
Para baixar e instalar, via pkg:

sudo pkg install portmaster
Password:
Updating FreeBSD repository catalogue...
Fetching meta.txz: 100%    944 B   0.9kB/s    00:01
Fetching packagesite.txz: 100%    6 MiB   1.5MB/s    00:04
Processing entries: 100%
FreeBSD repository update completed. 25560 packages processed.
Updating database digests format: 100%
New version of pkg detected; it needs to be installed first.
The following 1 package(s) will be affected (of 0 checked):
Installed packages to be UPGRADED:
    pkg: 1.8.7 -> 1.8.7_1
Number of packages to be upgraded: 1
    2 MiB to be downloaded.

Proceed with this action? [y/N]: 

… ou compile a ferramenta, a partir dos fontes. Para isto, vá até o diretório do pacote, na árvore de ports e instale-o com o make:


cd /usr/ports/ports-mgmt/portmaster/ 
sudo make install clean 

freebsd make install clean
Especificamente sobre este processo, o sistema poderá perguntar se você deseja instalar extensões programáveis para uma ou mais shells. Eu optei por não e as desmarquei (figura acima).
É possível ver mensagem sobre adicionar informações ao /etc/make.conf e converter seu banco de dados de pacotes (package database) — o que não é necessário nas versões do FreeBSD 10.1 ou superiores.

Como atualizar o sistema com o portmaster

Uma vez instalado o portmaster, verfique se há atualizações disponíveis:

portmaster -L

Como você pode ver, no exemplo acima, não é necessário ter privilégios administrativos para fazer este procedimento.
O meu resultado (parcial, abaixo), mostra que há 47 atualizações pendentes:

===>>> 47 total installed ports
       ===>>> 2 have new versions available

O portmaster examina todos os softwares instalados no seu sistema e o compara com o arquivo de índice, a procura de novas versões disponíveis.
Funciona como o comando pkg e independe do fato de os softwares terem sido instalados via package ou ports.
No que tange as dependências, ele os categoriza e determina como estão conectados entre si.
Repare a saída (acima) do comando. Todos os que tenham atualização disponível, terão uma linha indentada, em destaque (exemplo abaixo):

===>>> pt-freebsd-doc-48963,1
       ===>>> New version available: pt-freebsd-doc-49071,1

Novamente, você pode optar por um destes 2 métodos de atualização: packages ou portmaster.
Se optar por fazer a atualização através do primeiro, use novamente o comando pkg:

sudo pkg upgrade 
Password: 
Updating FreeBSD repository catalogue...
FreeBSD repository is up-to-date.
All repositories are up-to-date.
Updating database digests format: 100%
New version of pkg detected; it needs to be installed first.
The following 1 package(s) will be affected (of 0 checked):

Installed packages to be UPGRADED:
          pkg: 1.8.7 -> 1.8.7_1

Number of packages to be upgraded: 1

          2 MiB to be downloaded.

Proceed with this action? [y/N]:  

Se você prefere o segundo método, para atualizar todos os ports que necessitam de atualização, use a seguinte opção:

portmaster -aD

Para remover os distfiles velhos, use ‘–clean-distfiles’:

portmaster --clean-distfiles

Fique atento, pois este processo pode pedir sua intervenção algumas ou várias vezes, até ser concluído.

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia.
Fã de séries, como “Rick and Morty” e “BoJack Horseman”.
Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *