Linux tux

Como baixar, compilar e instalar fácil o glmark2 no Debian

O glmark2 é um aplicativo popular, de código aberto, usado para avaliar o desempenho da placa gráfica no sistema, com suporte a OpenGL 2.0 e OpenGLES 2.0.
A ferramenta está disponível para as plataformas GNU/Linux e Android.
Se você usa Ubuntu ou openSUSE, recomendo ler o post Guia para testar a performance do seu sistema com OpenGL, onde abordo a instalação do glmark2 nestas duas distros, a partir de seus repositórios específicos.
Naquele post, abordo também algumas dicas de uso do glmark2 —. Sugiro ler enquanto instala.
O glmark2 foi desenvolvido pela equipe da Linaro, com o objetivo de oferecer uma ferramenta de fácil uso para fazer benchmarking de unidades de processamento gráfico (GPUs) em hardware ARM, para sistemas embarcados.
Enquanto o aplicativo está disponível nos repositórios de outras distros, (Ubuntu, openSUSE etc), no Debian será necessário baixar e compilar o código fonte.
Se você é iniciante, no Linux, não se preocupe — por que é fácil.

Se você conhece os benefícios de baixar o código e compilá-lo no seu sistema e deseja usar este processo no Ubuntu, fique à vontade. Vai funcionar perfeitamente.

OpenGL oficial logo

Como preparar o ambiente para tratar o código

Para poder compilar código em seu sistema é necessário ter algumas ferramentas de desenvolvimento.
Neste caso, precisamos do git, do g++ e de algumas bibliotecas apropriadas.
Abra um terminal e instale-as:

sudo aptitude update
sudo aptitude install git g++ build-essential pkg-config

Com este comando, você estabelece um ambiente de desenvolvimento bem básico voltado para C++.
A seguir, instale as ferramentas de desenvolvimento X11 e OpenGL:

sudo aptitude install libx11-dev libgl1-mesa-dev

… e os headers de desenvolvimento para imagens JPEG e PNG:

sudo aptitude install libjpeg-dev libpng12-dev

Como baixar o código do glmark2

Agora já é possível receber o código e trabalhar em cima dele.
Para fazer o download, podemos usar o git ou ir até o site oficial do glmark2 e baixar o código.
Para baixar o código para dentro da minha pasta bin/ vou proceder da seguinte maneira:

cd ~/bin
git clone https://github.com/glmark2/glmark2.git
cd glmark2/

Como configurar, compilar e instalar

O glmark2 usa o sistema de desenvolvimento WAF, baseado no Python.
Este sistema requer uma instalação funcional Python 2.x.
A versão binária, disponível nos repositórios das outras distros, vem com suporte ao X11, Wayland e Mir.
A que nós vamos compilar, terá suporte apenas ao X11 e OpenGL:

./waf configure --with-flavors=x11-gl

Parte da graça de compilar um programa a partir do código fonte é poder retirar o que não é necessário, enxugar o código e ter um executável/binário mais rápido e eficiente.
As outras opções, caso queira acrescentar suporte a mais tecnologias, são as que seguem:

./waf configure --with-flavors=drm-gl,drm-glesv2,mir-gl,mir-glesv2,wayland-gl,wayland-glesv2,x11-gl,x11-glesv

Note que cada uma destas outras opções demanda um conjunto adicional de bibliotecas de suporte. Se você não as tiver, irá obter mensagens de erro ou avisos de que algo está faltando.
Quando terminar esta parte, construa o código e instale o binário:

./waf build -j 4
sudo ./waf install

Por fim, aplique o procedimento do stripping, que irá reduzir o tamanho final do binário e, portanto, torná-lo mais rápido.

sudo strip -s /usr/local/bin/glmark2

O processo está finalizado e você já pode rodar o glmark2 para verificar os resultados.

glmark2

Para concluir, você pode rodar o autoremove do aptitude e apagar o diretório com os fontes do glmark2 — mas, neste último caso, você terá que baixar tudo de novo, para fazer alguma alteração posterior no programa.

Referências

https://github.com/glmark2/glmark2.
http://fixmynix.com/how-to-install-glmark2-from-source-in-debian/.

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia. Fã de séries, como "Rick and Morty" e "BoJack Horseman". Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *