gnu linux badge

Conheça as diferentes categorias do kernel Linux

As várias versões ativas do kernel do Linux caem em, basicamente, 4 categorias — semelhantes às do Ubuntu e do Debian, por exemplo.
As categorias são as seguintes:

  1. Prepatch ou “RC” (Release Candidates) — Estas são as principais pré edições do kernel. Seu público são outros desenvolvedores do kernel e entusiastas Linux, que gostam de “viver perigosamente” e usar os recursos mais atuais.
    As versões Prepatch precisam ser compiladas do código fonte e comumente trazem novos recursos que ainda precisam ser testados antes de serem colocados na versão versão estável (stable).
    As versões Prepatch são mantidas e lançadas por, ninguém menos que, Linus Torvalds.
  2. Mainline — Esta é a árvore principal do kernel e também é mantida pelo Linus.
    É aqui que todos os novos recursos são inseridos.
    Há quem diga que os momentos mais excitantes do trabalho de desenvolvimento acontece nesta árvore do kernel.
    Os kernels Mainline são disponibilizados para download a cada 2 ou 3 meses.
  3. Stable —Após o lançamento do kernel Mainline, ele é considerado em estágio “Stable“.
    Todas as correções de erros, ou bug fixes, são trazidas da árvore Mainline e aplicadas por um mantenedor do Stable.
    Algumas correções ainda podem ser feitas ao kernel até o lançamento da próxima versão — a menos que ela se torne uma versão de manutenção prolongada ou longterm maintenance kernel.
    Quando necessário, a cada 2 ou 3 meses, há atualizações do kernel Stable.
  4. Longterm — Estas versões do kernel são mantidas por mais tempo.
    Ninguém insere novos recursos nestas versões. As equipes de manutenção trabalham apenas na correção e erros importantes, brechas de seguranças (quando há) e raramente fazem atualizações.

    linux tux badge
    Conheça os atuais Longterm release kernels:

    Versão Mantenedor Lançamento Projeção de fim de vida
    4.4 Greg Kroah-Hartman Início de 2016 Fev/2018
    4.1 Greg Kroah-Hartman 21/06/2015 Set/2017
    3.18 Sasha Levin 07/12/2012 Jan/2017
    3.14 Greg Kroah-Hartman 30/3/2014 Ago/2016
    3.12 Jiri Slaby 03/11/2013 2016
    3.10 Greg Kroah-Hartman 30/6/2013 No final de 2015
    3.4 Li Zefan 20/5/2012 Set/2016
    3.2 Ben Hutchings 04/01/2012 Mai/2018
    2.6.32 Willy Tarreau 03/12/2009 Início de 2016

As edições do kernel das árvores Prepatch e Mainline não devem ser usados em computadores de produção.
Ao fazer uso destas versões e fornecendo feedback aos desenvolvedores, você ajuda no desenvolvimento do kernel do Linux — mas deve separar uma máquina de testes para isto.
Na sua máquina de trabalho, você deve usar a versão Stable ou, mesmo a Longterm — a depender das suas necessidades.

Qual o significado de “stable/EOL” e “longterm”?

À medida em que os kernels saem do estágio mainline para entrar no stable, duas coisas podem acontecer:

  • Podem chegar ao fim de sua vida útil, após algumas revisões e correções de erros — o que significa que os mantenedores do kernel não irão mais trabalhar nesta versão. Ela será abandonada e marcada como EOL (fim de linha…)
  • Podem entrar em longterm maintenance, o que significa que terão suporte prolongado por um tempo muito maior. (veja a tabela acima).

Se a versão atual do seu kernel estiver marcada como “EOL”, você deveria se preocupar em fazer um upgrade de kernel ou de distribuição Linux — uma vez que não vai receber mais correções de erros ou updates de segurança.

Versões do kernel presentes nas distribuições

Muitas distribuições oferecem sua própria manutenção ou suporte prolongado do kernel — que não são necessariamente mantidas pelos desenvolvedores do kernel Linux.
Estas versões não podem ser baixadas no site Kernel.org e não tem qualquer suporte oficial dos desenvolvedores originais.

É fácil determinar se seu kernel é fornecido por uma distribuição ou é “original”: Se não baixou, compilou e instalou sua própria versão do kernel, você estará usando uma versão da sua distribuição, com certeza.

Para saber qual a versão atual do seu kernel, use o comando uname:

uname -r
3.16.0-4-amd64

Referências

Site oficial do Kernel.org: https://www.kernel.org/category/faq.html.

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia.
Fã de séries, como “Rick and Morty” e “BoJack Horseman”.
Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *