Debian LTS: Entenda a política de suporte prolongado do Debian.

Quem usa Ubuntu há algum tempo, já está acostumado com a sigla LTS que encerra o significado de suporte prolongado.
Em inglês, LTS quer dizer Long Term Support.
Toda distribuição GNU/Linux tem um ciclo de desenvolvimento, com lançamento de versões novas periodicamente.
A cada versão nova de uma distribuição, novas versões de pacotes de softwares são fornecidas aos clientes.
Os ciclos de vida mais comuns costumam ser 6 meses e 1 ano.
Para o público corporativo e para as pessoas que precisam ter um sistema operacional mais estável e que não podem arcar com os custos de renovar o parque de software instalado todo ano (ou a cada 6 meses, no caso do Ubuntu), existem as versões de suporte prolongado ou LTS.
As versões LTS do Debian GNU/Linux têm suporte ativo por 5 anos.
Veja, na lista abaixo, qual a atual versão LTS e quais estão programadas para ser as próximas:

  • Debian 6 “Squeeze” até Fevereiro de 2016
  • Debian 7 “Wheezy” de Fevereiro de 2016 a Maio de 2018
  • Debian 8 “Jessie“ de Maio de 2018 a Abril/Maio de 2020

Neste momento a distro mais recomendada para uso em máquinas de produção (onde a estabilidade é fundamental) é o Debian 6 “Squeeze”.

Veja bem. Debian 7 e 8 também são estáveis ou stable release, embora não sejam ainda LTS.

powered by Debian badge

A manutenção do Debian LTS

A equipe de desenvolvimento e manutenção do Debian LTS se organiza de forma semelhante a outras equipes dentro do Debian e, portanto, aceita de bom grado contribuições de qualquer um.
Se sua empresa faz uso do Debian LTS e tem o desejo de contribuir para o projeto, há várias formas de fazer isto.
Se não tiver desenvolvedores capacitados a contribuir com o código ou resolver algum problema, é fácil contratar um dos desenvolvedores do projeto Debian LTS para resolver problemas pontuais ou específicos para a sua empresa.
Para isto, existe a empresa Freexian, constituída para estabelecer a ponte entre a sua empresa e um dos desenvolvedores disponíveis do projeto.
Você pode obter mais informações sobre os desenvolvedores disponíveis aqui. Se quiser saber onde adquirir pacotes de assistência técnica, entre inúmeros outros serviços, clique aqui.
Se levar em conta que a grande maioria das soluções poderão ser replicadas por todo o seu parque de hardware e software, a solução é muito mais eficiente da que é oferecida por empresas de software proprietário.

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia.
Fã de séries, como “Rick and Morty” e “BoJack Horseman”.
Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *