gnu linux badge

Como converter uma imagem RAW para QCOW2 e vice-versa.

Cada padrão tem suas aplicações, vantagens e desvantagens.
Quando necessário, é possível fazer a conversão entre eles — o que permite testar e analisar qual o melhor para você.
As imagens RAW são muito simples para se trabalhar, mas tem a desvantagem de usar muito espaço no disco. São uma boa opção se você pretende trabalhar com outras plataformas de virtualização, uma vez que todas reconhecem o formato RAW.
O QCOW2 é um formato feito para uso no QEMU. O nome é uma sigla para QEMU Copy On Write.

O formato QCOW usa uma estratégia de otimização do armazenamento que permite expandir o tamanho do disco virtual com o uso — até chegar ao tamanho máximo, definido na sua criação.

O formato QCOW2 usa compressão zlib e tem a opção de ativar a criptografia de seus dados via AES 128 bits.
No artigo Como criar uma máquina virtual Debian em 5 minutos, usamos uma imagem QCOW2 — que permite transmitir uma imagem de 25 GiB dentro de um arquivo de algumas centenas de MiB.

Como converter do formato RAW para QCOW2

Use o qemu-img com a opção ‘convert’ para realizar a tarefa. Veja um exemplo:

qemu-img convert -O qcow2 imagem-original.raw imagem-convertida.qcow2

A seguir, use a opção ‘info’, para obter informações sobre a nova imagem:

qemu-img info imagem-convertida.qcow2

Note, abaixo, que a imagem tem um tamanho virtual de 10GiB, contra apenas 1.3GiB de tamanho físico.

image: image-convertida.qcow2
file format: qcow2
virtual size: 10.0G (2147483648 bytes)
disk size: 1.3G
cluster_size: 65536
Format specific information:
    compat: 1.1
    lazy refcounts: false

Como converter uma imagem QCOW2 para RAW

Ao converter uma imagem QCOW2 para RAW, tenha em mente que ela tem o potencial de se expandir até o tamanho planejado na sua criação. Portanto, use a opção ‘info’ para saber que tamanho é este e certifique-se de que tem espaço em disco físico suficiente para comportar o novo tamanho.

As imagens RAW ocupam todo o espaço físico alocado imediatamente.
As imagens QCOW2 começam usando apenas um espaço pequeno (o necessário) e vão aumentando até o seu tamanho predeterminado, com o tempo.

O processo de conversão é semelhante ao anterior. Veja:

qemu-img convert -O raw imagem-original.qcow2 imagem-convertida.raw

Obtenha informações sobre a imagem:

$ qemu-img info imagem-convertida.raw
image: imagem-convertida.raw
file format: raw
virtual size: 10G (10737418240 bytes)
disk size: 10G

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia.
Fã de séries, como “Rick and Morty” e “BoJack Horseman”.
Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *