php and mysql tutorial logo

Como conectar ao MySQL de um script em PHP

A tarefa mais básica de scripts que fazem uso do servidor de bancos de dados é a conexão. Em seguida, vem a seleção do banco de dados, da tabela e as consultas (queries).
php and mysql logos
O exemplo de script PHP, usado neste texto, necessita que você tenha tanto o MySQL quanto o PHP instalados no seu sistema.
Se você não tem certeza de que este é o seu caso, pode usar as dicas no final do artigo Como instalar Linux, MySQL, Apache e PHP, para saber se tudo está ok.
Embora o PHP e o MySQL possam ser executados da linha de comando, este texto vai se voltar para a execução a partir de um servidor web.
Sinta-se à vontade para usar a caixa de busca, no canto superior direito deste site, sempre que quiser alguma informação adicional (neste momento, temos quase 500 tutoriais…) 😉

Como se conectar ao MySQL via PHP

Por ser uma atividade tão trivial, programadores mais ocupados criam bibliotecas de scripts que fazem a conexão — e chamam estes scripts de dentro de seus outros scripts.
É comum programadores experientes terem esquecido como realizar tarefas básicas como esta.
Se você é iniciante, não se esqueça de usar um editor de textos adequado a escrever códigos de programas, para evitar problemas na execução dos seus scripts.
Do lado de cá, vou criar um arquivo chamado conecta.php, dentro do qual vou inserir o código em PHP para fazer uma simples conexão ao banco de dados MySQL e, em seguida, desconectar.

<html>
<head>
<meta http-equiv="Content-Type" content="text/html; charset=utf-8" />
<title>Página de conexão ao banco de dados</title>
</head>
<body>
<!-- O script PHP começa abaixo -->

<?php
    conecta.php - script de conexão ao servidor MySQL
    if (!($con = @mysql_connect ("localhost", "justincase", "minhasenha")))
    {
        die ("Não foi possível conectar ao servidor. <br />");
    }
    print ("Conexão bem sucedida. <br />");
    if (!@mysql_select_db ("tutorial", $con))
    {
        die ("Não foi possível selecionar o banco de dados. <br />");
    }
    mysql_close ($con);
    print ("Conexão terminada. <br />");
?>

<!-- Fim do script PHP -->
</body>
</html>

A partir deste código, é possível construir o que você quiser.
A parte em HTML do código, logo no começo, serve apenas para localizar a página e permitir que as mensagens (em português) sejam exibidas com as palavras devidamente acentuadas — não fazem parte, portanto, do programa em si.

Entenda o código em PHP

  • if (!($con = @mysql_connect ("localhost", "justincase", "minhasenha"))) — esta parte tenta fazer uma conexão com a função mysql_connect(), usando os dados de nome do servidor, nome do usuário “justincase” e a senha “minhasenha”.
  • die ("Não foi possível conectar ao servidor.");
    — se nada der certo, o script será interrompido pela função die(), com a exibição da mensagem entre as aspas.
    Se a conexão se efetivar, o programa prossegue a próxima instrução e armazena as informações da conexão na variável $con.
  • print ("Conexão bem sucedida."); — exibe a mensagem entre aspas.
  • if (!@mysql_select_db ("tutorial", $con))
    — tenta selecionar o banco de dados “tutorial”, com as informações armazenadas na variável $con. Se isto não for possível, executa a instrução que segue:
  • die ("Não foi possível selecionar o banco de dados."); — finaliza o script e devolve a mensagem entre aspas.
  • mysql_close ($con); — se tudo correu bem, até aqui, o script irá fechar a conexão, baseado nas informações contidas em $con.
  • print ("Conexão terminada."); — exibe a frase entre aspas.

Captura de tela do komodo editor - código PHP para conectar ao banco de dados MySQL

Funções PHP para conectar ao MySQL

Neste artigo, usei a função mysql_connect(), para fazer a conexão ao banco de dados. Alternativamente, você pode usar a função mysql_pconnect() — para estabelecer uma conexão persistente.
Pode ser útil caso você queira deixar a conexão aberta para ser reutilizada por outros scripts subsequentes — evitando, assim, alguma sobrecarga ao servidor.
Iniciar conexões persistentes e deixá-las abertas (por esquecimento), pode acarretar, como consequência a negação de abertura de novas conexões por parte do servidor MySQL.
Portanto, seja organizado(a) neste ponto.

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia.
Fã de séries, como “Rick and Morty” e “BoJack Horseman”.
Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

3 thoughts on “Como conectar ao MySQL de um script em PHP”

  1. muito bem feito o tutorial, hoje, dia 22 de agosto de 2016 me ajudou a entender o que o meu professor não deixou claro para mim
    Parabéns pelo site.

    1. O tutorial pode ser aplicado em qualquer sistema operacional, desde que você tenha acesso a um servidor Apache/PHP/MySQL.
      Sempre recomendo o uso do GNU/Linux (Debian, Ubuntu ou qualquer outra distro com a qual você se sinta melhor). Mas é apenas uma recomendação.
      Se você pretende se profissionalizar a sério em informática ou, mais especificamente, como programador, aprenda a usar o Linux — e, como eu disse antes, é apenas uma recomendação. Segue quem quer. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *