apt-get aptitude autoremove autoclean clean

Apt-get: Quais as diferenças entre autoremove, autoclean e clean?

Estas 3 opções do comando apt-get são usadas na limpeza do sistema, mas tem funções e significados diferentes.
As três opções podem ser usadas, complementarmente para ajudar a liberar espaço no seu disco rígido e estão relacionadas à gestão de pacotes de softwares instalados no seu sistema.

É seguro fazer limpeza no Ubuntu?

Os aplicativos de gestão de pacotes apt-get e aptitude têm uma longa estrada e um extenso histórico no seu desenvolvimento.
Foram aperfeiçoados, no decorrer dos anos e são, provavelmente, os programas mais seguros a usar para gerir pacotes no Linux.
O artigo “Dicas para fazer uma faxina no Ubuntu” aborda este e outros métodos seguros para fazer uma limpeza, que melhore a performance do sistema e otimize o uso do seu espaço.

O que o comando autoremove faz

Este comando é frequentemente usado e, se você sempre instala programas com o comando apt-get, em um terminal, deve ter notado que o próprio sistema recomenda que você o utilize.

...
Lendo listas de pacotes... Pronto
Construindo árvore de dependências       
Lendo informação de estado... Pronto
Os seguintes pacotes foram instalados automaticamente e já não são necessários:
  audacity-data libflac++6 libid3tag0 libportsmf0 libsbsms10 libsoundtouch0
  libsoxr0 libvamp-hostsdk3 libwxbase2.8-0 libwxgtk2.8-0
Utilize 'apt-get autoremove' para os remover.
...

Mas, afinal, para que é que ele serve, mesmo?
A opção autoremove é parte da linha de comando do utilitário apt-get.
De acordo com a página oficial do seu manual, é importante quando desejamos remover pacotes que não são mais requeridos dentro do sistema.

“autoremove é usado para remover pacotes que foram instalados automaticamente para satisfazer dependências de outros pacotes e que já não são mais necessários.”
(página do manual)

Entre usuários que compilam programas é comum o processo requerer bibliotecas que somente serão usadas durante o processo — uma vez gerados, os binários nunca mais precisarão destas bibliotecas.
Isto acontece também quando fazemos uma instalação normal com apt-get ou aptitude — alguns pacotes podem ser instalados para satisfazer certas dependências.
Como usar:

sudo apt-get autoremove
Lendo listas de pacotes... Pronto
Construindo árvore de dependências       
Lendo informação de estado... Pronto
Os pacotes a seguir serão REMOVIDOS:
  audacity-data libflac++6 libid3tag0 libportsmf0 libsbsms10 libsoundtouch0
  libsoxr0 libvamp-hostsdk3 libwxbase2.8-0 libwxgtk2.8-0
0 pacotes atualizados, 0 pacotes novos instalados, 10 a serem removidos e 166 não atualizados.
Depois desta operação, 22,1 MB de espaço em disco serão liberados.
Você quer continuar? [S/n]

Se você quiser ter um sistema rápido, eficiente e enxuto, é recomendado remover tudo o que não é usado.
Não há necessidade de se preocupar em “quebrar” as dependências dos outros aplicativos do sistema. O Debian é muito seguro no controle das dependências — e o Ubuntu é baseado no Debian e, portanto, herda este ponto forte.

O que o autoclean faz?

Tal como o clean (veja abaixo), o autoclean limpa o seu repositório local — removendo os arquivos de pacotes (.deb) que não podem mais ser baixados (versões antigas…) e são completamente inúteis e obsoletos.
Este comando permite que o cache de pacote cresça sob controle no seu sistema.
Veja um exemplo de uso:

sudo apt-get autoclean
Lendo listas de pacotes... Pronto
Construindo árvore de dependências       
Lendo informação de estado... Pronto
Del libanyevent-perl 7.070-1 [403 kB]
Del libasync-interrupt-perl 1.20-1 [33,6 kB]
Del libcommon-sense-perl 3.73-1 [23,2 kB]
Del libguard-perl 1.022-2 [16,0 kB]
Del libjson-xs-perl 2.340-1+b1 [84,9 kB]
Del libev-perl 4.17-1 [242 kB]

O que o clean faz?

A opção clean vai além do autoclean — limpando e removendo todos os arquivos .deb (pacotes) contidos nos diretórios — exceto o lock file:

  • /var/cache/apt/archives/ e
  • /var/cache/apt/archives/partial/.

Se você quiser saber o espaço que os arquivos de pacotes .deb estão ocupando, no momento, use o seguinte comando:

du -sh /var/cache/apt/archives
21M	/var/cache/apt/archives/

Se você tem uma conexão à Internet lenta, pode ser interessante deixar estes arquivos onde estão: caso você desinstale alguns aplicativos, a reinstalação será muito mais rápida — uma vez que os pacotes não terão que ser baixados novamente.
Veja um exemplo de uso:

sudo apt-get clean

Leia mais

Posted from WordPress for Android

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia.
Fã de séries, como “Rick and Morty” e “BoJack Horseman”.
Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

4 thoughts on “Apt-get: Quais as diferenças entre autoremove, autoclean e clean?”

  1. Sou iniciante no Linux. Usei o deborphan e o gtkorphan e consegui destruir o Lubuntu num notebook de testes que tenho. Aliás, eu sou fá da lógica de que cada software deveria ficar apenas dentro de sua pasta (AppImage, FlatPak, 0install). Não sou fã do FHS do Linux. Pena que o GoboLinux não deslanchou. O NixOS eu não consegui usar. Mas enfim, sou apenas um iniciante 😉

  2. Sou fã da sua página e tenho várias postagens suas gravadas em meus favoritos… hehehe sabe o que vc poderia ensinar que eu nao achei em lugar nenhum? Eu uso o Kubuntu e nao consigo apagar os ícones do menu do lançador de aplicativos (menu iniciar)… Apago os programas, mas os icones dos aplicativos continuam ali firme e forte…. 🙁
    Obrigado e parabéns por compartilhar seus conhecimentos do linux para nós que estamos iniciando.

    1. Obrigado por me favoritar no seu navegador. 😉
      Sou fã do KDE, mas não o uso há muito tempo. Acho a interface gráfica deste ambiente uma das bonitas. <3
      O que você está relatando, não é o comportamento normal. O ícone deveria ir embora junto com o aplicativo que ele representa.
      O artigo Como desinstalar programas no Linux traz informações genéricas de como fazer a desinstalação segura de aplicativos no Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *