Instalar Telegram no Ubuntu Linux e Mac OSX

Instale o Telegram Messenger CLI no Linux

Vou ser bem objetivo neste post, por imaginar que você já sabe exatamente o que quer ao ler este texto — além disto, quero ensinar os bizus para mais de uma distribuição do Linux, incluindo o OSX, lá no final.
Não vou te incomodar com papo-furado e vamos ao que interessa: baixar, instalar e pôr pra funcionar a versão de linha de comando do Telegram.
Usuários do Ubuntu 16.04 LTS “Xenial Xerus”, ou superior, podem usar o SNAP como metodologia de instalação. Leia mais aqui.

Instalar Telegram no Linux e no MacOSX
Clique para ampliar

Como baixar e instalar o Telegram no Linux

Há basicamente 2 formas de baixar o código do aplicativo: via GitHub ou trazendo o pacote .zip, com wget.
Para clonar o repositório GitHub, proceda assim:

git clone https://github.com/vysheng/tg.git && cd tg

O output do comando git deve ser algo parecido com este:

Cloning into 'tg'...
remote: Reusing existing pack: 1608, done.
remote: Total 1608 (delta 0), reused 0 (delta 0)
Receiving objects: 100% (1608/1608), 1.35 MiB | 358.00 KiB/s, done.
Resolving deltas: 100% (1061/1061), done.
Checking connectivity... done

ou faça o download, via wget, do pacote .zip e faça a sua extração:


wget https://github.com/vysheng/tg/archive/master.zip -O tg-master.zip

unzip tg-master.zip && cd tg-master

Agora, siga instalando as bibliotecas (veja as instruções específicas pra sua distro) — e, se algo não funcionar direito, deixe-me saber, nos comentários.
No Ubuntu, Debian etc. use o apt-get:


sudo apt-get install libreadline-dev libconfig-dev libssl-dev lua5.2 liblua5.2-dev

Ou faça a instalação com o snap, no Ubuntu.

No Fedora, OpenSuSE, Red Hat, CentOS etc. use o yum:


sudo yum install lua-devel openssl-devel libconfig-devel readline-devel

No Gentoo, use o emerge:


sudo emerge -av sys-libs/readline dev-libs/libconfig dev-libs/openssl dev-lang/lua

No FreeBSD:


pkg install libconfig libexecinfo lua52

… e no OpenBSD:


pkg_add libconfig libexecinfo lua

O procedimento, a seguir vale para todas as distribuições Linux e BSD.


./configure
make

Pronto. Você já pode fazer uso do aplicativo com o comando:


./telegram -k servidor_de_chave_publica

A sua chave pública deve estar armazenada na mesma pasta em que você se encontra, chamada tg-server.pub ou em /etc/telegram/server.pub.
Se não for este o caso, você sempre poderá especificar o local onde encontrar a chave pública:


./telegram -k tg-server.pub

Ao entrar no sistema, faça as configuração básicas iniciais. Basta fornecer o número do seu dispositivo móvel e aguardar o código aparecer na tela do celular. Forneça o código ao programa, no seu computador.
Se tudo der certo, você receberá uma notificação na tela do celular, tal como a da figura abaixo:

Instalar telegram no ubuntu linux - tela de notificação no celular Android
Clique para ampliar

Como instalar o Telegram no Apple Mac OS X

O cliente precisa das bibliotecas readline e libconfig, que não são incluídas no OS X. Você as terá que instalar manualmente. Pode fazer isto com Homebrew.


brew install libconfig

brew install readline

brew install lua

export CFLAGS="-I/usr/local/include -I/usr/local/Cellar/readline/6.2.4/include"

export LDFLAGS="-L/usr/local/lib -L/usr/local/Cellar/readline/6.2.4/lib"

./configure && make

A seguir instale os seguintes ports:

  • devel/libconfig
  • devel/libexecinfo
  • lang/lua52

A seguir, prossiga com esta sequencia de comandos:


env CC=clang CFLAGS=-I/usr/local/include LDFLAGS=-L/usr/local/lib LUA=/usr/local/bin/lua52 LUA_INCLUDE=-I/usr/local/include/lua52 LUA_LIB=-llua-5.2

./configure

make

Leia mais

Você pode obter mais informações sobre a instalação e modo de usar no site: https://github.com/vysheng/tg/blob/master/README.md#messaging.

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia. Fã de séries, como "Rick and Morty" e "BoJack Horseman". Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

Um comentário sobre “Instale o Telegram Messenger CLI no Linux”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *