Como monitorar o uso do HD (disco rígido) no Linux

O IOTOP é uma ferramenta semelhante ao TOP, no Linux, voltado para monitoramento do fluxo de informações de Entrada/Saída.
Sabe aquele problema em que você percebe que a máquina está usando/acessando excessivamente o disco rígido?
O iotop é uma das ferramentas que pode ajudar a esclarecer o que está havendo.
Um outro ponto, que precisa ser destacado, é que o iotop só vai funcionar no modo admnistrador. Mas, se você pode instalar programas no sistema, então provavelmente é o administrador – e eu não sei por que estou falando isto pra você. 🙂

LEIA MAIS:

Como instalar o iotop

Se a sua distro for baseada no Debian (Ubuntu, Linux Mint etc) use o seguinte comando para instalar o astro deste artigo:

sudo apt-get install iotop

No SuSE fica assim:

sudo yum install iotop

Como executar o iotop

Como já foi dito, o aplicativo precisa de privilégios administrativos para rodar no seu sistema. Você pode resolver isto com o comando sudo. Veja:

sudo iotop

Na parte superior, uma barra informa as taxas totais de leitura (read) e escrita (write) em relação ao HD. Em seguida, as taxas relativas a cada proceso ou threads são relacionadas.
iotop Captura de tela de 2013-03-17 10:31:27
Quem conhece o comando top, vai querer saber se há como customizar o iotop. É claro que sim.
Em vez de ver todas as threads ou processos que estão acessando o HD, pressione a tecla o e veja como um monte de informação desnecessária “desaparece” da tela:
iotop -o Captura de tela de 2013-03-17 10:38:03
Com uma visualização mais “limpa”, pode ficar mais fácil entender o que está acontecendo.
Se você quiser, pode acompanhar apenas um processo, como o do aplicativo transmission (cliente para baixar torrents). Para isto, primeiro você precisa descobrir o PID do processo e depois iniciar o iotop. Veja como:

deckard@Nexus6:~$ ps aux | grep transmission
deckard   <b>3487</b> 15.5  5.6 237420 115012 ?       Sl   09:23  15:51 transmission-gtk /tmp/.fr-m8WEzj/The.Pirate.Bay.AFAK(HDTV-x264-ASAP)[VTV].torrent

Note que o meu PID é 3487. No seu sistema, o valor será diferente. Fique atento a isso.
ps aux | grep transmission 13-03-17 11:05:44
De posse do seu PID informe-o ao iotop, conforme o exemplo:

sudo iotop --pid=3487

E note que apenas as informações referentes ao PID do programa selecionado serão exibidas na tela (no meu caso, o transmission).
Outra forma de acompanhar o transmission, que faz uso relativamente intenso do seu HD – o que pode depender da quantidade de arquivos envolvidos em processos de uploads/downloads é usar a opção de cumulatividade em conjunto com o filtro de processos ativos, assim:

sudo iotop -ao

Desta forma, muitas informações desnecessárias são inibidas e o relatório acumula os valores das taxas de entrada/saída de dados do seu HD.
iotop - oa Captura de tela de 2013-03-17 10:29:27

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia.
Fã de séries, como “Rick and Morty” e “BoJack Horseman”.
Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *