Altere as cores dos nomes dos diretórios, no terminal

Esta não é uma dica que exija algum conhecimento avançado de Linux, embora seja voltado para quem usa o terminal para executar alguns comandos — especialmente se for pra ver os conteúdos dos diretórios.
O problema aqui é que os nomes dos diretórios, quando coloridos, costumam vir em azul escuro – o que é ótimo para quem usa um terminal, como o xterm, com o fundo branco.
Mas atrapalha a visibilidade para quem usa um tema de fundo escuro no console.
No Ubuntu, o aplicativo de terminal padrão tem fundo preto, o que dificulta a leitura de letras azul escuro ou, azul com fundo verde (o que depende das permissões destes diretórios).
Captura de tela de 2013-02-07 22:31:10
Neste post vou mostrar como alterar a cor das letras dos nomes dos diretórios para amarelo claro — mas você pode experimentar e optar por outras colorações.
Readéque os exemplos à sua preferência.

  1. Abra o arquivo ~/.bashrc com o seu editor favorito
  2. Inclua ao final do arquivo o seguinte código:
    LS_COLORS='di=1;33';export LS_COLORS
    # altera a cor de exibição dos nomes de diretórios para amarelo forte.

Caso você não goste muito desta opção de cor (1;33), há outras, como você pode ver abaixo.

  • Azul = 34
  • Verde = 32
  • Verde Claro = 1;32
  • Ciano = 36 — usada para exibição de links
  • Vermelho = 31
  • Púrpura = 35
  • Marrom = 33
  • Amarelo = 1;33
  • Branco = 1;37
  • Cinza Claro = 0;37
  • Preto = 30
  • Cinza escuro = 1;30

O primeiro número determina a intensidade ou a variação da cor:

  • 0 — nenhuma
  • 1 — negrito
  • 2 — normal
  • 3 — clareado
  • 4 — sublinhado

O valor após o ponto e vírgula (;) determina a cor a ser usada.
Depois de feitas, as alterações só terão efeito depois de reiniciar a sessão.

Como ver as alterações no console sem reiniciar a sessão

Vamos simplificar as coisas a ponto de bastar iniciar um novo terminal (Ctrl+Alt+T) para ver as alterações.
Para isto, é necessário incluir a linha if [ -f ~/.bashrc ]; then . ~/.bashrc; fi no arquivo .bash_profile:

echo "if [ -f ~/.bashrc ]; then . ~/.bashrc; fi" >> ~/.bash_profile
# Este codigo pode ser removido quando os ajustes de lscolors estiverem finalizados.

Leia mais sobre o LS_COLORS aqui.
Toda vez que você abrir um novo terminal (ou shell), o .bash_profile, presente no seu diretório home, é executado. A linha, que incluímos força a leitura adicional do arquivo de configuração .bashrc seja lido.

Publicado por

Elias Praciano

Autor de tecnologia (livre, de preferência), apaixonado por programação e astronomia. Fã de séries, como "Rick and Morty" e "BoJack Horseman". Me siga no Twitter e vamos trocar ideias!

4 comentários sobre “Altere as cores dos nomes dos diretórios, no terminal”

  1. Como sugestão pode se carregar/executar o arquivo .baschrc com o comando : source ~/.bashrc
    Abraço e parabéns pelo site.

  2. Elias, obrigado pela ajuda. Minhas vistas estavam “incomodadas” com aquele azul escuro, rsrsrs.
    Estou começando a estudar Linux agora. Estou bem no básico, porém sonho com grandes projetos no futuro. Espero podermos trocar idéias.

    Valeu pela dica!

    1. Creio que o “aquele azul escuro” fique melhor no padrão de cores do xterm (fundo branco).
      Linux é o sistema operacional escolhido para turbinar a maioria dos 500 computadores mais poderosos do mundo.
      Instituições que gastam meio bilhão de dólares com o hardware não estão preocupadas com o custo do software livre — o que as faz optar pelo Linux é a qualidade, a eficiência e a flexibilidade.

      Bons estudos e volte sempre! 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *